Anunciada dragagem no porto de Antonina

0

A superintendência do Porto de Paranaguá aproveitou a realização do seminário “Perspectivas do Desenvolvimento do Litoral Paranaense a partir do Pré-Sal”, em realização em Antonina, para anunciar a realização da esperada dragagem do canal de acesso restabelecendo a profundidade de 9,5 metros em Antonina, possibilitando ao terminal da Ponta do Féliz o retorno à operação de navios de fertilizantes, por exemplo.

O terminal Barão de Tefé, por sua vez, ficará com profundidade de 6 metros, possibilitando atender operações de cabotagem e com barcaças. Porém, não se alvorocem os interessados em investir no Litoral do Paraná, porque a projeção para realização da dragagem, inexistente nos últimos dez anos, só deve acontecer no ano que vem, se não ocorrer o que vem acontecendo com Paranaguá, onde ações na Justiça e tentativas de compra de draga estão “empurrando com a barriga” a esperada dragagem por mais de cinco anos.

Para ler a matéria na íntegra, acesse Paraná On Line.

Por Wilson Bonicenha

1 COMENTÁRIO

  1. A demora para se determinar e realizar uma dragagem é necessária, porem está sendo tardia! O Estado está literalmente ” enterrando” dinheiro, como um baú de tesouro, na tensa que não quer dragar.

  2. Questão de raciocínio simples: porto assoreado = menor calado, menor frete e menor arrecadação. Disso eles sabem, mas a morosidade do processo é o que aumenta as perdas para o estado.

Deixe uma resposta