Seja Piloto de ROV

6
Estão abertas as inscrições para o curso Introdução ao ROV (Remotely Operated Vehicle), sigla em inglês para veículos operados remotamente, no Núcleo de Tecnologia Marinha e Ambiental (NUTECMAR), em Santos (SP), que oferece formação completa nesta área. O objetivo é capacitar pilotos responsáveis por operar minisubmarinos de observação à distância do fundo do mar. O campo de atuação deste profissional é bastante vasto, podendo se inserir inclusive no mercado portuário.
Além de ser fundamental nas operações de extração de petróleo em águas profundas, o piloto de ROV pode entrar no mercado portuário, trabalhando em inspeções de cascos de navios e do cais. O profissional é capaz ainda de atuar em operações de segurança e missões de resgate subaquático.
Para ingressar neste mercado, o primeiro passo é a capacitação. O curso Introdução ao ROV, agendado para os dias 5, 6 e 7 de novembro, traz os conceitos básicos sobre o equipamento e suas funções. “O ROV é um minisubmarino não-tripulado, equipado com câmeras de vídeo, sensores e acessórios, que permitem uma visão a distância do que está no fundo do mar. O equipamento faz movimentos perfeitos, o que facilita a observação do local”, define o sócio-diretor da NUTECMAR, Eduardo Meurer.
Introdução ao ROV é pré-requisito para os demais cursos, que também serão ministrados no NUTECMAR. Ainda serão realizados os cursos Piloto de Micro ROV, de 8 a 11 de novembro, e Piloto Avançado de Micro ROV, de 14 a 17 de janeiro de 2011. “Muito antes de estar apto a dirigir uma carreta, que exige treinamento específico, o motorista precisa desenvolver primeiro a habilidade em um carro de passeio comum. Acreditamos que com os ROVs não deveria ser diferente”, compara Meurer.
Segundo ele, cursos como estes são bastante procurados no exterior, por isso, além da vantagem do pagamento em Real, quem optar por fazer o curso no Brasil conhece a realidade marinha do País.  “O curso é totalmente adaptado à realidade das águas brasileiras. Além disso, a formação total não chegará a um terço do valor gasto em um curso de três semanas na Inglaterra, por exemplo”, ressalta.
A área carece de profissionais e, por isso, trata-se de um trabalho bastante valorizado. “Em apenas um mês de trabalho, paga-se todo o investimento destinado à formação”, explica. “Um trainee começa recebendo um salário de no mínimo R$ 3 mil. Já quando piloto formado ganha em média R$ 10 mil por mês”, finaliza o sócio-diretor da NUTECMAR.

O curso Introdução ao ROV será nos dias 5, 6 e 7 de novembro, das 9 às 18 horas, no NUTECMAR, Avenida dos Bancários, 76, cj. 14, na Ponta da Praia, em Santos (SP). O investimento é de R$ 900 e o valor pode ser parcelado em até três vezes sem juros. Mais informações pelo telefone (13) 3345-6766, ou no site www.nutecmar.com.br.

Por Rodrigo Cintra

6 COMENTÁRIOS

  1. estou a procura de uma vaga para piloto de rov .
    pergunto eu pelo fato de ter 35 anos estaria tarde para engressar na profisão ?

  2. Eu tambem estou a proucura de uma vaga no mercado sou tecnico em mecanica industrial, inspetor de soldagem, inspetor de equipamentos possuo crea e ainda nada de vaga no mercado offshore para piloto de rov, como muitos outros um mercado extremamente fechado.

Deixe uma resposta