Rapidinhas da tarde

1

Petrobras limita  a produção do pré-sal e inscreve talentos para Prêmio de Tecnologia. Novo Centro Logístico no ES vai estimular nossa Cabotagem. Nesse Domingo de Eleições, infelizmente estou a bordo, sem poder manifestar minha opinião, votando em branco.

BR limita produção em Tupi – A Petrobras vai limitar a extração de petróleo no campo de Tupi, no pré-sal da bacia de campos, a 14 mil barris/dia, mesmo volume extraído até agora durante o teste de longa duração. A decisão da empresa foi tomada apesar da entrada em operação até o final do mês de uma nova plataforma para produção de 100 mil barris/dia. O motivo é a restrição imposta pela ANP (Agência Nacional de Petróleo) à queima de gás, limitada a 500 mil barris/dia e válida até o final de dezembro. Somente após dezembro, quando estará pronto o gasoduto que liga o campo em alto mar à cidade de Caraguatatuba (SP), é que a produção poderá ser ampliada. No reservatório de Tupi, o gás está associado ao petróleo e não é possível extrair os dois separadamente. Por meio da sua assessoria de imprensa, o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, disse que a produção aumentará gradativamente até alcançar a capacidade da nova plataforma e só ultrapassará o limite atual de 14 mil barris/dia no fim de dezembro.

Centro Logístico vai estimular a Cabotagem no ES – O projeto de instalação do Centro Logístico Capixaba (CLC) foi apresentado pela na última semana pela Nutripetro durante a XIV Conferência Nacional de Logística, realizado em São Paulo pela Aslog. Ocupando uma área total de um milhão de metros quadrados em Barra do Riacho, na orla de Aracruz (ES), o Centro deve estimular a cabotagem na região. A idéia é que o novo complexo servirá divida a movimentação com os portos de Vila Velha e Vitória, possibilitando mais alternativas de escoamento da produção. Segundo divulgou o site Guia Marítimo, o objetivo será migrar toda a parte da interlândia compreendida entre o Sul da Bahia e Norte de São Paulo através do transporte de cabotagem pelo porto, integrando Itajaí e Suape. O centro deve começar a operar como porto seco até o final do ano. O investimento é de R$ 600 milhões em píeres de atracação e terminais para grãos, granéis sólidos e líquidos, carga geral, produtos siderúrgicos, embarque e desembarque de automóveis, rochas ornamentais e para atender às bases de exploração de petróleo. Serão construídos tanques especiais para armazenamento de produtos químicos, petroquímicos e alimentícios para gases e líquidos. Serão três berços para cargas e um espaço para cinco barcaças (supply boat).

Petrobras inscreve talentos para Prêmio – A Petrobras receberá, até o dia 26 de novembro, as inscrições para a 5º edição do Prêmio Petrobras de Tecnologia Engenheiro Antônio Seabra Moggi, que tem o objetivo de incentivar a revelação de talentos e trabalhos inovadores nos segmentos de petróleo, gás e energia. A iniciativa, que em quatro edições já recebeu 1.600 trabalhos e premiou mais de 100 deles, tem os seguintes temas: tecnologia de energia, voltado às energias renováveis; de exploração; de gás; de logística e de transporte de petróleo, gás e derivados; de perfuraçaõ; de preservação ambiental; de produtos; de refino e petroquímica; e de segurança e desempenho operacional. Mais informações pelo site: www.petrobras.com.br/premiotecnologia

Por Rodrigo Cintra

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta