Fundo de Marinha Mercante discute OSX e Transpetro

0

Após dois adiamentos, em razão das eleições presidenciais, o Fundo de Marinha Mercante (FMM) fará sua próxima reunião no dia 23. Segundo fontes do setor, estarão em pauta projetos no valor estimado de R$ 8 bilhões, incluindo navios da Transpetro, recursos para novos estaleiros e navios de particulares, através do sistema EBN– pelo qual a Petrobras concede contratos de longo prazo e particulares encomendam navios.

Estão em pauta créditos para o estaleiro de Eike Batista, o OSX, que tanto poderá ser localizado em Santa Catarina como no Rio de Janeiro. Esse estaleiro será de grande porte, similar ao Atlântico Sul, de Pernambuco. Outro projeto na pauta do FMM é um estaleiro, em Barra do Furado, próximo a Campos (RJ), do grupo paulista Alusa com a Galvão – formada por empresários indiretamente relacionados ao grupo Queiroz Galvão.

Extraoficialmente, comenta-se que talvez haja necessidade de novo apoio financeiro da União ao FMM. No governo passado, dinheiro do fundo era transferido para o caixa único e, na atual gestão, houve repasse de R$ 12 bilhões para atender à demanda. Possivelmente, será necessário outro aporte, antes do fim do ano – e do governo.

Informa-se ainda que a entrega do primeiro navio do programa da Transpetro (Promef), o ” João Cândido”, lançado ao mar em agosto, no Atlântico Sul, em Pernambuco, teve a data de entrega adiada de dezembro próximo para março de 2011. Isso ocorrerá devido às chuvas e ao atraso no recebimento de dois pórticos de 1.500 toneladas encomendados a fornecedores chineses.

Com as informações – Sérgio Motta, do Net Marinha

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta