São José do Norte receberá Estaleiro de US$ 420 milhões

1

Uma empresa brasileira do segmento de construção para o setor de óleo e gás anuncia hoje investimento de US$ 420 milhões para a instalação de um estaleiro em São José do Norte, no sul do Estado.

O empreendimento da Estaleiros do Brasil SA (EBR) pretende aproveitar o momento de pesadas encomendas à área naval para se candidatar a construir plataformas de exploração de petróleo.

Quando estiver operando a plena capacidade, o estaleiro deve gerar entre 5 mil e 6 mil empregos diretos no município, que tem 25 mil habitantes. Em reais, cerca de R$ 714 milhões, pela cotação de ontem, o investimento é mais de quatro vezes superior ao Produto Interno Bruto (PIB) da cidade, de R$ 170 milhões.

Segundo o presidente da EBR, Alberto Padilla, a nova empresa pretende tirar proveito da consolidação do polo naval de Rio Grande para buscar clientes. Uma das intenções é disputar contratos da Petrobras para construção de plataformas.

O grupo atuou na construção de petroleiros até 2005, quando vendeu o estaleiro que tinha em Angra dos Reis (RJ). — Se não houver restrições com o licenciamento ambiental, esperamos iniciar operações entre o final de 2012 e início de 2013 — afirma Padilla. Os recursos para o empreendimento já foram garantidos por financiamento do Fundo da Marinha Mercante. O protocolo para a construção será assinado na presença da governadora Yeda Crusius e do prefeito de São José do Norte, Vicente Ferrari, hoje de manhã, em Porto Alegre.

Conforme o assessor técnico da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística, Eduardo Krause, o projeto prevê a construção de um dique seco em frente ao empreendimento da Engevix, em Rio Grande, no canal de acesso ao porto. A área onde será construído o dique, de 150 hectares, tem extensão de mil metros para cais. No local, o canal tem profundidade de 60 pés (18 metros), capaz de abrigar grandes estruturas navais.

O protocolo prevê a construção do estaleiro em dois anos a partir das licenças legais. A EBR é uma subsidiária da Setal Óleo e Gás (SOG), empresa com sede no Rio de Janeiro que atua no segmento de engenharia, construção e suprimentos para o setor de óleo e gás.

O prefeito de São José do Norte comemorou o investimento. — Somos carentes de emprego, renda e capacitação. Um empreendimento como esse é a chance de superar a atividade agrícola que caracteriza a cidade — disse Ferrari.

Com as informações – Clic RBS

Por Rodrigo Cintra

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta