Hamburg Süd e Aliança impulsionam negócios no Sul do Brasil

0

Entre os dias 9 e 11 de novembro, a Hamburg Süd e a Aliança Navegação e Logística participarão da Feira e Fórum de Comércio Exterior e Logística (Expocargo), que acontecerá em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Renê Wlach

De acordo com Renê Wlach, gerente da Hamburg Süd e da Aliança para a região Sul, a Expocargo é uma feira consolidada para os Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, já que há 11 anos tem se dedicado a congregar diferentes setores do comércio exterior.

“O evento é sempre palco de um grande público de profissionais da área, uma vez que o setor é muito específico apesar de ter uma importância significativa na economia brasileira”, afirma.

Conforme explica o executivo, após a crise econômica mundial, que fez com que muitas empresas sofressem perdas financeiras por queda das receitas e volumes no mercado internacional, o ano de 2010 trouxe a tona um mercado mais maduro e com grandes movimentações na importação, que cresceram em torno de 50% em relação à exportação.

Full Ahead - Impulsionando os Negócios

“A Hamburg Süd e a Aliança têm mantido seu market share na região Sul. A empresa encontra-se bem posicionada comercialmente assim como possui um quadro altamente treinado para o crescimento do mercado nos próximos anos. No campo dos investimentos, possui encomendas de navios e equipamentos novos, além de investir em um novo sistema de informação que estará totalmente integrado em 2011”, ressalta Wlach.

O gerente comenta ainda que na Expocargo 2010 as empresas estreitarão a parceria com clientes e prospects, mostrando aos visitantes que a organização é especialista em transporte marítimo internacional, com investimentos constantes para elevar a qualidade dos serviços ofertados.

Esta maquete mostra como ficará o Tecon do Porto de Itapoá

Um desses investimentos, de acordo com ele, é o Porto de Itapoá, que entrará em operação a partir de janeiro de 2011. A previsão é de que os Estados do Paraná e Santa Catarina deverão movimentar, em conjunto, 2 milhões de contêineres em 2015, e em 2020, cerca de 3 milhões de contêineres. Itapoá responderá por 20% deste volume.

O Porto de Itapoá, com capacidade instalada para movimentar, em sua primeira fase, mais de 300 mil contêineres/ano, terá a abrangência regional que permitirá intensificar o atendimento tanto do transporte de longo curso quanto da cabotagem, funcionando como um porto concentrador que possibilitará operações de grandes navios que poderão ser utilizados em plena carga para atender o comércio exterior de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta