Após Comissões Anti Truste, acionistas aprovam a fusão da Subsea 7 com a Acergy

0

A fusão da Subsea 7 com a Acergy foi aprovada pelos acionistas das duas empresas, após alguns meses de negociações e trâmites para esta transição. A nova empresa terá cerca de 12 mil funcionários e terá uma forte presença em todas as áreas de petróleo e gás do mundo, fornecendo serviços de Contsrução Subsea, Operações com ROV e Lançamento de Linhas.

Em 21 de junho deste ano, as empresas fecharam o negócio e começaram este processo de fusão, tendo passado por diversas auditorias de Comissões Anti Truste e outros órgãos governamentais da Noruega e do Reino Unido, até que  a fusão fosse autorizada.

A nova Organização tem um capital de cerca de US$ 5.4 bilhões e vai gerar uma economia anual de US$ 100 milhões para ambas as empresas. Com este acordo, A Acergy está pagando 1,065 ações para cada ação da Subsea 7, o que dá aos acionistas da Subsea 7 o controle de 46% da nova companhia, ficando os da Acergy com 54%.

A Subsea 7 será gerido por um conselho de nove diretores, dos quais oito já foram aprovados pelas duas partes. O nono diretor está em processo de escolha, ainda a ser eleito e aprovado.

A previsão de conclusão da operação de fusão é para Janeiro de 2011 estando ainda sujeita à aprovação.

Ficamos aguardando o que vai mudar para os colegas embarcados nas unidades dessas duas empresas.

Um forte abraço ao pessoal do PLSV Seven Seas e do PLSV Lochnagar, da Subsea 7, aonde eu tive a honra de trabalhar.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta