Rapidinhas

0

Nessa fria madrugada, lá vêm as Rapidinhas para esquentar a galera. Mais pescadores na onça e ANTAQ mandando ver na regulamentação do afretamento de embarcações em nossas águas interiores. O Portal Marítimo saúda a todos nesse novo dia que se inicia.

Hambürg Süd batiza novo navio no Peru – A Hambürg Süd batizou uma nova embarcação no Porto de Callao (Peru), sob o nome de Cap Jervis. Trata-se do primeiro porta-contêineres a ser batizado no complexo. O Cap Jervis possui capacidade de 4.800 Teus (medida equivalente a um contêiner de 20 pés), e será empregado no serviço ASPA da companhia conectando Ásia, México e costa oeste da América Latina. A embarcação foi entregue em julho pela Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering. Anteriormente, a empresa havia anunciado a adição do Santa Clara, de 7.100 Teu,s ao serviço ECSA (East Coast South America) a partir do início de novembro, com escalas nos portos brasileiros de Itaguaí, Santos, Rio Grande e Paranaguá, com escalas também em Buenos Aires (Argentina).

SEP recebe propostas para novo porto em Manaus – A Comissão de Licitação presidida pelo Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Portuário da SEP, Fabrizio Pierdomenico, recebeu três propostas: Grupo Libra Terminais, APM Terminals e o Consórcio Technital, formado por empresas italianas. O próximo passo será a abertura dos projetos que deverá acontecer nesta terça-feira (16). Todos os projetos deverão ser analisados até o fim deste ano. As regras que disciplinam o certame de seleção do projeto básico do Porto novo de Manaus encontram-se no seguinte conjunto de Portarias SEP: 108, de 06 de abril de 2010, que estabelece as diretrizes para outorga de concessão de novos portos organizados marítimos; 131, de 04 de maio de 2010, que estabelece procedimentos, para registro, elaboração e seleção de projeto básico de empreendimentos portuários marítimos passíveis de concessão; 174, de 23 de junho de 2010, de convocação de interessados em registrar e elaborar projeto básico e estudo de empreendimento portuário a serem utilizados na concessão do porto Novo de Manaus e 206, de 23 de julho de 2010, que estendeu o prazo para apresentação e registro do projeto básico para o Porto Novo de Manaus, para 15 de outubro de 2010. O novo Porto será construído e operado pela iniciativa privada, porém será de uso público, como na maior parte do mundo e atenderá basicamente o mercado local, ou seja, o Polo Industrial de Manaus.

ANTAQ public anorma para afretamento – A ANTAQ publicou, na última sexta-feira, dia 12/11/2010, no Dário Oficial da União, a Resolução nº 1.864, que trata da norma para disciplinar o afretamento de embarcação para operar na navegação interior. A norma estabelece os procedimentos e critérios para o afretamento de embarcação para operar na navegação interior, por empresa brasileira de navegação, para o transporte de passageiros, cargas ou ambos. O texto traz definições importantes relacionadas à navegação interior, à circularização, ao bloqueio, além de ter capítulos voltados para afretamento de embarcações, procedimentos para realizá-lo, contrato de afretamento, entre outros tópicos ligados ao setor. De acordo com o texto, “a navegação interior de percurso nacional somente poderá ser realizada por embarcação de bandeira brasileira e, exclusivamente nos casos previstos na norma e uma vez cumpridos todos os requisitos nela estabelecidos, por embarcação de bandeira estrangeira afretada por empresa brasileira de navegação”. A autorização de que trata a norma será formalizada mediante ato unilateral da ANTAQ e observará o disposto nas leis, nas normas regulamentares pertinentes e, quando for o caso, nos tratados, convenções e acordos internacionais.

Pescadores resgatados em Itaguaí – Nove pescadores foram resgatados com a traineira Pérola do Mar. A embarcação encalhou em um banco de areia na foz do Rio Guandu, em Itaguaí, na Baia de Sepetiba, e eles passaram à noite e parte da manhã desta terça feira à bordo. Por celular e por rádio os pescadores pediram socorro. Embarcações de colônias de pesca de Mangaratiba, de onde são, e outras de Sepetiba, acionaram os bombeiros. Uma equipe do quartel de Campo Grande participou das buscas. Pescadores e bombeiros conseguiram puxar a embarcação no fim da manhã. Os pescadores passam bem e a embarcação voltou à Mangaratiba.

Por Rodrigo Cintra


Deixe uma resposta