OGX prevê 3,4 milhões de M3/d em poço no Maranhão

0

A OGX informou nesta quarta-feira que a sua subsidiária OGX Maranhão estimou o potencial de produção do poço OGX-22, na bacia do Parnaíba (MA), em 3,4 milhões de metros cúbicos diários.

A empresa disse que também identificou nova acumulação de gás na seção devoniana inferior do poço 1-OGX-22.

“Estas novas informações reforçam a perspectiva do enorme potencial da região, com a descoberta de acumulações em diferentes níveis e potencial produtivo excepcional”, disse em um comunicado o diretor geral da OGX, Paulo Mendonça.

A empresa anunciou em agosto a descoberta de uma megareserva de gás natural na bacia do Parnaíba, que pode conter 15 trilhões de pés cúbicos do combustível, fato classificado pelo dono do grupo EBX, controladora da OGX, Eike Batista, como uma “meia-Bolívia”, em referência ao país que exporta cerca de 30 milhões de metros cúbicos diários de gás ao Brasil.

A OGX informou que a perfuração do poço OGX-22, prospecto denominado Fazenda São José, continuará em andamento até a profundidade total de 3.200 metros, em buscas de novos objetivos exploratórios.

O poço, localizado no bloco PN-T-68, fica na cidade de Santo Antônio dos Lopes, a aproximadamente 260 quilômetros de São Luis, capital do Maranhão.

A sonda QG-1, da Queiroz Galvão, iniciou as atividades de perfuração no dia 23 de outubro de 2010.

Com as informações – Reuters

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta