Maersk deve fechar US$ 2 bilhões em contratos para construção de superconteineros

0

A dinamarquesa Maersk Line está em fase final de negociação com estaleiros para a aquisição de uma nova classe de porta-contêineres de 18 mil Teus. De acordo com a Lloyds List, as cartas de intenção para as novas embarcações devem ser assinadas antes do final de 2010. O Armador dinamarquês não mantém sigilo sobre o fato, mas fornece pouca informação sobre a especificação dos navios.

Segundo a Lloyds List, o resultado mais provável seria um pedido de 10 unidades com design revolucionário, novos sistemas de propulsão e outros avanços tecnológicos que reduziriam consideravelmente os custos e emissões.

As novas embarcações seriam destinadas ao comércio entre Ásia e Europa, onde a Maersk estaria bem posicionada por meio da APM Terminals para instalar uma nova geração de guindastes e equipamentos essenciais para lidar com unidades deste porte.

A Maersk foi pioneira no segmento de porta-contêineres super-dimensionados, com o Emma Maersk sendo o primeiro de uma nova classe de navios com capacidade para 12.500 Teus. Oito unidades de mesmo porte, construídas pelo estaleiro Odense, da A.P. Moller-Maersk, foram entregues entre 2006 e 2008. Além da Maersk, outras linhas como a MSC (Mediterranean Shipping Co), terão este ano a entrega de seu primeiros navios de 14 mil Teus. A CMA CGM também receberá navios de 13.800 Teus.

Com as informações – Net Marinha

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta