Maersk não confirma encomenda de Super Conteineros

0
99

O porta-voz da Maersk, Michael Storgaard, disse que a linha não assinou nenhum acordo relativo a navios de 18 mil teu e que não poderia comentar os rumores sobre eventuais negociações com qualquer estaleiro.

No início deste mês, a Maersk anunciou, nos três primeiros trimestres de 2010, algo como 2,5 mil milhões de dólares de lucro operacional. De acordo com o serviço de transporte marítimo de notícias Alphaliner, a Maersk tem 55 navios em fim de vida, representando uma capacidade de cerca de 345 mil teu, ou seja, aproximadamente 16 por cento da sua frota atual.

A ser verdade a colocação da encomenda, a Maersk poderá ter agido no tempo certo. Um analista citado pelo prstigiado “American Shipper” referiu que se mantem “a tendência para as economias de escala no transporte de contentores. Quem não reduzir os custos unitários nas principais rotas terá problemas para competir. Os que compraram muitos navios da dimensão errada em 2006-2008 terão ainda custos de amortização muito altos por unidade durante algum tempo”.

“O preço médio dos novos navios da Maersk é de cerca de 9.000 dólares por teu, acrescentou o referido analista, “o que compara com cerca de 17.000 dólares por teu dos navios comprados há alguns anos, no pico do negócio. O custo por slot é cerca de 50 por cento menor.”

Com as informações – Cargo Edições (Portugal)

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta