FPSO Peregrino já está vindo aí

0
A Statoil aguarda para o final do ano a chegada do FPSO que será utilizado na explotação do campo de Peregrino, em águas profundas da Bacia de Campos. A plataforma foi construída pela Maersk no estaleiro Keppel Fels, em Cingapura.
O FPSO – que foi convertido a partir de um VLCC – está afretado por cinco anos e tem capacidade para processar 100 mil barris/dia de óleo, além de estocar 1,6 milhão de barris. A Statoil possui licença de instalação do Ibama, válida até 29 de dezembro, para a plataforma. Após instalado, o FPSO se juntará às duas jaquetas já implantadas em Peregrino, formando o sistema de produção do campo. 

A BW Offshore fechou contrato com a Maersk para a instalação do sistema de amarração do FPSO. A empresa fornece a boia de amarração e todo o sistema de instalação do navio-plataforma.

O campo de Peregrino está a 85 km da costa do Rio de Janeiro, na área do antigo BM-C-7. A expectativa da Statoil é que o primeiro óleo seja produzido no início de 2011. A área possui 2,5 bilhões de barris in situ de reservas. A petroleira pretende recuperar cerca de 20% do potencial – algo em torno de 500 milhões de barris – pelos próximos 30 anos. O campo será o primeiro sistema de produção da Statoil no Brasil.

Este slideshow necessita de JavaScript.


Com as informações – Energia Hoje

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta