Acidente não vai parar atracações em Recife

2

Um dia após o acidente que feriu duas turistas alemãs que estavam visitando o estado, a administração do Porto do Recife decidiu isolar a área do Armazém 8 onde um portão de metal caiu sobre as estrangeiras. A placa de mais de 200 quilos e de 4,10 metros de altura por 3,70 metros de largura atingiu Cláudia Maria Haefs, 65 anos, e a amiga dela, Ingeborg Geb Heege Heinrich, de idade não revelada. Ambas estão internadas no Hospital Santa Joana, no Recife. Cláudia está na UTI e o estado de saúde dela é grave. Apesar de peritos do Instituto de Criminalística (IC) terem constatado um quadro de má conservação dos portões desse e de outros armazéns, os navios com passageiros continuarão a atracar normalmente no porto.

Cláudia Haess deverá ser submetida a uma cirurgia para correção de fratura na vértebra hoje. Está consciente, porém em estado delicado e sem previsão de alta. Já Ingeborg Heinrich também sofreu trauma no crânio e está estável. Os cônjuges estão hospedados em um hotel do Recife, custeados pela administração do Porto do Recife.

As turistas chegaram ao Recife a bordo do navio Vision of the Seas, que veio da Espanha e já seguiu viagem para Salvador. Segundo a delegada Mariluce Coelho, da Delegacia do Rio Branco, que abriu inquérito para investigar o caso, ´estava ventando muito na hora, o que contribuiu para a queda`, contou. Um funcionário do porto que teria visto o acidente e outro da administração deverão prestar depoimento na próxima semana. Segundo os peritos do IC Cristiana Couceiro e Frederico Maranhão, a análise preliminar demonstrou que tanto os portões do armazém 8 quanto os do armazém 6 estão bastante enferrujados.

A administração do Porto do Recife informou, em nota, que vai aguardar o relatório da perícia técnica realizada pela Polícia Federal e Secretaria de Defesa Social no local do acidente para poder tomar as medidas necessárias. Já a parte operacional do porto não será afetada. ´A atracação dos próximos navios de passageiros para esta temporada de cruzeiros não será prejudicada, ocorrendo normalmente a partir da próxima segunda-feira`, diz o texto. Procurado pelo Diario, o secretário de Turismo, Paulo Câmara, não quis comentar o impacto do acidente para o estado.

Com as informações – Diário de Pernambuco

Por Rodrigo Cintra

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta