Governo australiano com poucas esperanças em encontrar sobreviventes

0

O Ministro australiano da imigração mostrou-se, esta sexta-feira, pouco esperançado com a possibilidade de as autoridades virem a encontrar mais sobreviventes do naufrágio de uma embarcação de imigrantes iraquianos e iranianos, que já fez 30 mortos, perto da ilha de Natal.

«A triste realidade é que atualmente estamos a efetuar mais uma operação de recuperação de cadáveres do que uma missão de salvamento», disse Chris Bowen, citado pela rádio ABC.

Pelo menos 42 pessoas sobreviveram ao naufrágio, entre as quais oito crianças e três membros da tripulação, de nacionalidade indonésia. Estima-se que cerca de meia centena de pessoas tenha morrido, não havendo certezas sobre o número total de passageiros a bordo do barco.

Recorde-se que a embarcação embateu, quarta-feira, contra rochedos na ilha de Natal, território australiano situado no Oceano Índico, a 2.600 quilómetros da costa Noroeste da Austrália.

Com as informações – A Bola (Portugal)

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta