Mestre Dário é homenageado com sala no Grêmio de Velas da EFOMM / RJ

0

Sexta Feira, dia 17 de dezembro de 2010. Este dia vai ficar marcado como o dia em que finalmente reconheceram mais um grande amigo de nossa Marinha Mercante: o Mestre Dário Sante Anastácio, uma verdadeira lenda viva do Grêmio de Velas da EFOMM (GVEFOMM).

Estivemos visitando as obras com o Almirante Dibo há alguns meses

A Sala de Aula Dário Sante Anastácio será usada pelas Equipes do Grêmio de Velas da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante para instruções sobre vela, principalmente para briefing e debriefing nas Regatas.

GVEFOMM como cenário para mais um importante acontecimento
Pessoal em forma aguardando o Homenageado do dia
Alunos da EFOMM de Guarda na nova sala
Mestre Dário, CMT De Moura e Almirante Bacellar descerram a Placa de Inauguração da Sala
Almirante Bacellar admira a placa já descerrada
Mestre Dário e Almirante Dibo retiram a fita da porta da sala
CMT De Moura dirige umas simpáticas palavras ao Mestre Dário... que acabou ficando sem palavras...

Equipada com recursos aúdio visuais de última geração, a Sala certamente será uma ferramenta imprescindível para que o já conhecido sucesso que o Grêmio de Velas de nossa querida Escola tem em suas empreitadas seja cada vez mais obtido regata a regata.

Alunos explanam sobre os recursos da nova sala de aula e seus benefícios para os atletas

Estiveram presentes na solenidade diversas figuras ilustres de nosso CIAGA, da Marinha Mercante e da Marinha do Brasil, dentre as quais destacamos as seguintes: Professor Lopes, Professor Chicão, Professor Washington, Almirante Bacellar (DPC), Comandante Menezes, Comandante de Moura e Sr Luiz Marcelo Cintra (Gerente Geral da TOS Internacional Marítima), dentre outros.

CMT Menezes - Sempre prestigiando os eventos da Marinha Mercante

O Portal Marítimo esteve representado por seu Editor Executivo, Rodrigo Cintra e seu Editor / Redator Chefe, o Jornalista Marcus Lotfi.

Mestre Dário recebe os cumprimentos dos colegas

Após a inauguração os convidados foram recepcionados no Salão Nobre do Grêmio de Velas da EFOMM, aonde o Mestre Dário recebeu os cumprimentos de todos os presentes.

Luiz Marcelo Cintra recebe a Comenda de Marinheiro do GVEFOMM

Na ocasião, o Sr Luiz Marcelo Cintra, Gerente Geral da TOS Internacional Marítima, foi agraciado com a Comenda de Marinheiro do GVEFOMM, pelos relevantes serviços prestados ao mesmo durante seu serviço como Oficial na Seção de Apoio da EFOMM.

Como ex integrante do GVEFOMM fico muito feliz por ver ações como essa, que valorizam a formação marinheira e, principalmente, eternizam figuras importantíssimas, verdadeiros baluartes da Marinha Mercante, como é o caso do sempre simpático e solícito Mestre Dário.

A De Moura Shiping, patrocinadora da sala, está de parabéns pela ação e serve de exemplo para outras Empresas fazerem o mesmo. Isso valoriza nossa formação, nossa História e deixa todo um legado que certamente será lembrado um dia.

Retirei um trecho do Jornal O Pelicano que dá uma idéia muito precisa a respeito de quem é o mestre Dário e o que ele significa:

“Conhecido pelo seu notório saber, filiado na Federação  Brasileira de Vela e Motor como desportista, Dário Sante Anastácio, nascido em 12/02/1929, mais conhecido como Mestre Dário faz jús a este querido título. A bordo da EFOMM, há quase 40 anos, participou da fundação do Grêmio de Velas da Escola de Marinha Mercante do Rio de Janeiro em dezembro de 1970, hoje EFOMM – CIAGA, com o  ex-aluno José Mauro de Oliveira, 1° Comodoro do GV. Desde então, Mestre Dário ajudou a formar não só homens e mulheres do mar, mas também velejadores, comparecendo todos os dias à enseada de Ramos, na Baía de Guanabara , por ele considerado  o melhor  local do Rio de Janeiro para aprender a velejar, graças ao vento aliado às poucas ondas, facilitando o aprendizado. Perguntado quando começou a velejar, o Mestre disse apenas que foi há muito tempo, quando, na baleeira de seu pai adaptada com um mastro, deu seus primeiros bordejos. Daí em diante a história é longa, cheia de aventuras, aprendizados e  surpresas.”

Particularmente, sempre que vou ao CIAGA tenho o prazer de conversar com o Mestre, fonte de inúmeras estórias, uma verdadeira Enciclopédia do CIAGA.

Mestre Dário, fica aqui nossa singela homenagem ao senhor, somada a todo nosso respeito e admiração. É sempre bom ter lendas vivas para conversarmos e iluminarmo-nos com sua experiência e sabedoria.

Pedimos desculpas aos leitores pela demora na divulgação deste tão importante evento, mas é que tivemos problemas de ordem técnica esta semana, uma vez que o site está sendo reformulado para proporcionar ainda mais qualidade aos nossos leitores. Como trata-se de Mestre Dário, a matéria não poderia ter sido publicada na correria.

Acesse a matéria sobre o Mestre Dário publicada no Jornal O Pelicano

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta