Polícia Ambiental do Paraná salva família de náufragos

0

Foi por pouco. Uma família foi resgatada na tarde da sexta-feira (31) em alto mar, próximo à Paranaguá, após o barco que utilizavam perder um remendo que havia sido feito no fundo e começar a ser tomado pela água. Policiais militares do Batalhão de Polícia Ambiental Força Verde (BPAmb/FV), que seguiam da cidade para Guaraqueçaba, perceberam a situação e conseguiram retirar seis pessoas da embarcação e levá-los para Paranaguá.

“Havia duas crianças (5 e 12 anos) duas adolescentes (15 e 17 anos), duas senhoras (uma com pressão alta e outra com Síndrome de Down) e dois homens. Levamos as mulheres e as crianças em nossa embarcação e, devido ao limite de capacidade, deixamos os dois homens em um baxil (espécie de banco de areia), entregamos a eles coletes salva-vidas, e informamos que logo voltaríamos buscá-los”, relata o sargento Aroldo da Silva Klichievits, que juntamente com o soldado Gilnei Luiz Pereira realizaram o resgate.

“O barco não possuía condições para o transporte de pessoas e nem equipamento de segurança, como coletes salva-vidas, para os tripulantes”, conta o sargento. Segundo os policiais, uma onda arrancou um remendo feito na embarcação, por onde começou a entrar água. “A família seguia de Paranaguá para Enciada do Ubá onde reside. O naufrágio e consequentemente o resgate ocorreram em frente às localidades de Cutinga e Piaçaguera. “Quando voltamos para buscar os dois últimos náufragos pescadores da região já estavam ajudando-os”, conta Klichievits. Levamos a embarcação para 1ª Companhia de Paranaguá e comunicamos a Capitania dos Portos, para que medidas cabíveis fossem tomadas”.

Com as informações – Bem Paraná

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta