Iraque quer quadruplicar sua produção nos próximos sete anos

0

Mais de quatro vezes a atual produção para os próximos sete anos: este tem sido o objetivo do Iraque para sua capacidade de produção de petróleo. Elevar os níveis atuais de produção de 2,4 milhões de barris por dia para 12 milhões de barris por dia até 2017 será uma melhoria monumental, mas o Iraque certamente precisará de ajuda.

Exxon-Mobil, Shell, BP, China National Petroleum, Total, Eni, Lukoil, Sonangol, Statoil, e Petronas estão todas empenhadas em investir bilhões de dólares em vários projetos que vão tornar a produção de petróleo no Iraque uma das maiores do mundo, após concluídos.

Veja o desempenho de produção no Iraque nos último anos:

Produção de Petróleo no Iraque

Há uma frase conhecida que diz: “Nunca deixe a fé ficar no caminho de uma boa estória”. Mesmo assim, quem coloca uma meta de produção em 12 bilhões de barris por dia provavelmente não leva esse ditado muito a sério. Haja fé!

Mesmo antes da Primeira Guerra do Golfo, a produção de pico do Iraque nos 10 anos anteriores foi de aproximadamente 3 milhões de barris por dia.

A adição de 2 milhões de barris por dia à capacidade de produção seria um feito impressionante no Iraque durante os próximos cinco anos. A IHS-CERA (Cambridge Energy Research Association) relatou no início deste ano que a adição de dois milhões de barris por dia estaria mais ou menos alinhada com o que o que os sauditas tinham feito anteriormente no mesmo prazo (cinco anos). Porém, a Arábia Saudita não enfrentou nem de perto os mesmos níveis das questões de Segurança, falta de capital para Infra-Estrutura ou de Corrupção, fatos que atualmente estão exigindo uma série de esforços extras na recuperação do Iraque.

Informações colhidas no noticiário internacional.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta