Marathon acaba com a alegria da Noble, que perde US$ 752 milhões em contratos

0

A Noble informou ontem que a Marathon Oil Company (“Marathon”) optou pela rescisão do contrato com a SS Noble Jim Day. O motivo declarado foi de que a plataforma não foi aprovada pela Marathon até o dia 31 de Dezembro de 2010 mas, segundo a Noble, a Marathon deveria ter aprovado, já que a empresa não vê nenhum porquê da reprovação.

O contrato seria por quatro anos e representava cerca de US$ 752 milhões na carteira de contratos de Noble.

“Estamos decepcionados pelas ações da Marathon”, disse David W. Williams, Chairman, Presidente e Chief Executive Officer, da Noble Corporation. “Felizmente, o Noble Jim Day é uma das plataformas de maior capacidade de existência e já há um número de potenciais clientes interessados em uma unidade deste calibre”.

A Noble também informou que uma empresa terceirizada independente confirmou a disponibilidade da referida plataforma, sem nenhuma não conformidad eimpeditiva. A empresa também confirmou que o sistema de subsea, incluindo a BOP, recebeu o seu certificado de conformidade.

Comentário do Colunista: Às vezes a gente é “passado prá trás”, Noble… Um dia vocês passam… outro dia são passados…

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta