Cientistas fazem canhão laser contra piratas

0

Cientistas britânicos estão desenvolvendo um novo tipo de sistema de defesa que utiliza um raio laser para incapacitar piratas que se aproximam de navios. A arma não-letal consegue atordoar pessoas a quase dois quilômetros de distância.

O laser foi desenvolvido por uma empresa de segurança da Inglaterra em resposta às crescentes ameaças de piratas a navios comerciais, particularmente na costa da Somália, onde muitos ataques têm acontecido. O dispositivo esconde o navio por trás do laser com uma potente luz verde, forçando os piratas a mudarem a rota e impedindo que mirem as armas com precisão.

O diretor da empresa disse em entrevista ao jornal britânico Telegraph que a ideia é simular a luz do sol para esconder o navio. “Quanto mais forte se ajusta o laser, mais ele domina o campo de visão de quem olha para ele”, afirmou o diretor. O aparelho funciona em qualquer hora do dia e está sendo desenvolvido para ser usado com radares de superfície que conseguem detectar os velozes navios dos piratas somalianos.

Ao identificá-los, o laser seria apontado automaticamente para o alvo podendo disparar rajadas repetitivas em mais de um navio ao mesmo tempo. A nova arma terá que ser aprovada de acordo com o protocolo das Nações Unidas para canhões de laser, antes de começar a ser utilizada.

Clipping direto – Veja

Por Marcus Lotfi

Deixe uma resposta