Total recebe FPSO gigante do Estaleiro Daewoo na Coréia do Sul

0

Foi noticiado anteontem, dia 13, que o Estaleiro Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering Co, segundo maior da Coréia do Sul, terminou a construção da maior FPSO do mundo. A unidade foi projetada para receber, processar e armazenar petróleo ou gás natural, além de poder ser deslocada para diferentes locações.

A embarcação de 120.000 TPB, com comprimento total de 325 metros e boca de 61 metros será capaz de processar 220 mil barris de petróleo ou 4,4 milhões de metros cúbicos de gás por dia, além de poder armazenar 1,9 milhões de barris de óleo cru.

A unidade, batizada de “Pazflor”, seguirá em Agosto para o projeto de Clov, em Angola.

Offshore em Angola

Em 2007, a Daewoo Shipbuilding ganhou um contrato de US$2,32 bilhões junto à francesa Total para construir a unidade.

A Total, companhia francesa, terceira maior produtora de petróleo da Europa, pretende avançar com o projecto Clov em Angola, que exige o desenvolvimento de um cluster de quatro campos de petróleo no Bloco 17 do setor noroeste do offshore em Angola.

A FPSO Pazflor será a primeira deste tipo apta a processar petróleo em dois graus diferentes. Cerca de 120.000 toneladas de aço foram usadas na construção da unidade e seu portifolio de equipamentos a bordo inclui turbinas a gás de 120 MW, suficientes para fornecer energia para uma cidade de aproximadamente 100.000 habitantes.

Com as informações – gCaptain e Motorship

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta