AmaWaterways divulga lançamento de novos navios

0

Pela primeira vez no Brasil, a vice-presidente da AmaWaterways, Kristin Karst, acompanhada da diretora Comercial para América Latina, Maria Elena Hernandez, se reuniu, na manhã de hoje, dia 8, com operadores e imprensa de São Paulo para apresentar as novidades da companhia. “O Brasil é a dois anos o nosso mercado líder na América Latina, passando o México”, comentou Kristin.

A AmaWaterways conta com navios luxuosos com roteiros pelos sete grandes rios ao redor do mundo: Danúbio, Reno, Meno, Mosela, Ródano e Volga, na Europa, e Mekong, na Ásia. Com a entrada de três novos navios este ano, a frota passa a contar com 12 embarcações. “O brasileiro gosta da Europa, e oferecemos uma experiência de viagem com quase tudo incluído. Após a experiência inicial, o brasileiro tende a voltar outras vezes. E a Firstar, nossa representante aqui no Brasil, já conta com preços diferenciados para novos roteiros como o de vinhos e da cultura judaica nos rios Mosela, Reno e Danúbio”, explicou a vice-presidente da AmaWaterways.

De acordo com Maria Elena, é preciso entender que o conceito de viagem é bem diferente dos grandes cruzeiros marítimos. “Para começar são cruzeiros fluviais, e é preciso pensar num iate, porém um iate privado, este é o conceito de viajar AmaWaterways. É uma experiência cultural”, disse.

Representada no Brasil pela Firstar, a embarcações da AmaWaterways têm capacidade média de 148 passageiros. “Mesmo fundada em 2002, a companhia já conta com 12 navios. E como a Maria Elena ressaltou, é preciso esquecer a ideia de cruzeiro marítimo para mais de mil passageiros, esta é outra experiência, mais intimista”, complementou a diretora da Firstar, Estela Farina, responsável pela apresentação da companhia aos operadores presentes ao evento.

Convenientes

“Os cruzeiros fluviais estão em alta por serem mais convenientes e melhor. É uma atmosfera mais íntima, se balanço, sem enjoo. Há equilíbrio entre atividade e relaxamento, com passeios inclusos. O passageiro determina o seu nível de atividade, além de ter mais tempo para aproveitar os destinos visitados. Além disso tudo, ainda há as vantagens do custo-benefício”, enumerou Estela.

Segundo a diretora da Firstar, outro ponto importante, na hora de vender o produto é que além de ser fácil de vender, as comissões são mais lucrativas, já que engloba o serviço todo. “É fácil e vantajoso vender os navios da AmaWaterways. Inclusive para vendas de grupos”, ressaltou.

Todos os navios da companhia são novos, sendo o mais antigo de 2006. Para este ano a AmaWaterways passará a contar, a partir de abril, com o AmaLotus, que irá juntar-se ao La Marguerite oferecendo cruzeiros de 7 noites no Mekong, o AmaVerde, para navegar pelo Danúbio e o Ama Katarina, o primeiro navio russo com espaçosas cabines com varandas com capacidade para 212 passageiros. “Em 2012 já teremos um novo navio sendo agregado a frota. O AmaCello, para 164 passageiros, que promete ser ainda mais espetacular no design e novidades a bordo”, antecipou Kristin.

Estela Farina fez questão de apresentar aos presentes as qualidades dos navios da AmaWaterways, como as varandas duplas e francesas em 82% das cabines; acesso gratuito a internet em todas as cabines; champanhe no café da manhã; bicicletas (30) para lazer em todos os navios; pacote de cruzeiro All Inclusive, terrestre e excursões, e excursões diárias guiadas com equipamento de áudio incluso em cada porto. As embarcações também contam com SPA, fitness, salão de beleza e biblioteca a bordo.

“Além da experiência cultural, o passageiro também conta com a experiência gastronômica, com refeições típicas da região sendo visitada. E claro, há também as vistas panorâmicas presentes o tempo todo durante a viagem”, finalizou Estela.

Fonte: BrasilTuris Jornal

Por Marcus Lotfi

Deixe uma resposta