Em todo o Oriente Médio, Irã diz possuir a maior refinaria

0

O Irã dispõe da maior refinaria do Oriente Médio, apesar das sanções internacionais, após a inauguração neste sábado de um novo trecho do complexo petroleiro de Arak (centro), anunciaram meios de comunicação iranianos.

A capacidade da refinaria de Shazand, perto de Arak, deve alcançar os 250 mil barris diários até setembro, quando será finalizada a última parte das obras, contra os 170 mil barris diários iniciais, segundo a agência Mehr.

Esta extensão da refinaria requeriu um investimento de 3,3 bilhões de dólares, e foi financiada em parte pela companhia petroleira chinesa Sinopec, que contribuiu com 33% do montante.

O complexo de Shazand terá capacidade para produzir até setembro 16 milhões de litros de gasolina diários, ou seja, 12 milhões a mais que os atuais, segundo a agência do ministério de Petróleo Shana.

O Irã, submetido a severas sanções internacionais que afetam o setor petroleiro em resposta ao seu controverso programa nuclear, iniciou o desenvolvimento de sua capacidade de produção de gasolina e de outros produtos petroleiros para alcançar o autossuficiência.

Ainda que seja o segundo maior produtor de petróleo da OPEP (Organização de Países Exportadores de Petróleo), o Irã ainda precisava importar cerca de 20 milhões de litros de gasolina diários na primavera de 2010, ou seja, um terço de seu consumo.

Ao mesmo tempo em que lançou a extensão de cerca de seis refinarias, incluindo a de Arak, Teerã reconverteu no verão passado vários complexos petroquímicos, que lhe permitiram alcançar a autossuficiência em gasolina em setembro.

A queda do consumo – da ordem de 25% desde a supressão de subsídios sobre os produtos petroleiros em dezembro – permitiu a Teerã devolver em janeiro às fábricas petroquímicas sua vocação inicial, ao mesmo tempo em que permanecia autossuficiente em combustíveis, segundo as autoridades.

As obras iniciadas, que elevarão a capacidade total do país a 65 milhões de litros diários em setembro de 2011, deverão permitir inclusive ao Irã se tornar exportador de gasolina, segundo as previsões oficiais.

Fonte: AFP

Por Marcus Lotfi

Deixe uma resposta