Cancelada negociação entre Peroba e ExxonMobil: Operação pode ser vendida

0

Não bastasse a extinção da antiga marca Esso, a Exxon Mobil vive um momento de divórcio com o Brasil. 

Os norte-americanos encerraram as negociações com a Petrobras com vistas à formação de um consórcio para a compra de participações em blocos de exploração de petróleo, segundo o Relatório Reservado. Ao mesmo tempo, estudam a venda de sua fábrica de produtos químicos em Paulínia (SP).

A marca Esso deve sumir dos postos brasileiros num prazo de três anos. Dará lugar à Shell, escolhida no processo de criação da Raízen, joint-venture entre a Cosan e a Shell, anunciada no dia 14 de fevereiro. A Raízen será a marca corporativa dos negócios de etanol das duas empresas.

A opção da Shell deve-se à força internacional da marca, presente em mais de 100 países. É por meio dela que as empresas pretendem expandir o mercado de distribuição de etanol, principalmente nos mercados da Ásia e da Europa.

Fonte: Cidade Biz

Por Marcus Lotfi

Deixe uma resposta