COREN na luta pela regulamentação da Enfermagem Offshore e Aquaviária

0

No dia 23/2, o COREN-RJ promoveu a 13ª Audiência Pública Sobre a Regulamentação da Enfermagem Offshore e Aquaviária. A Coordenadora do Departamento de Fiscalização, Drª Ana Teresa Ferreira esclareceu aos Responsáveis Técnicos das empresas convocadas acerca dos pilares da fiscalização, abordando, além do exercício legal da profissão, a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE), dimensionamento de pessoal e o cumprimento das legislações pertinentes.

A Fiscal Katia Calegaro realizou uma apresentação sobre o cenário atual da Enfermagem Offshore e Aquaviária e os seguintes pontos foram abordados: a trajetória e objetivos do processo democrático das audiências públicas; organização, estratégias e entidades participantes das audiências; atores ativos do processo; normatizações internacionais; normatizações nacionais; profissionais de enfermagem que atuam no ramo; atribuições dos profissionais de enfermagem; perfil do profissional; formação e capacitação; dimensionamento de pessoal de Enfermagem no ramo offshore e marítimo; estudos científicos na área; fiscalização do exercício profissional. Tratou-se também dos problemas oriundos da prática seguida da apresentação sumária do Método de Analise e Solução de Problemas (MASP), que será utilizado a partir da próxima reunião.

Participaram da discussão os responsáveis técnicos das empresas: Brasdril, Sealion, Trauma Care Offshore, e Enfcare, além de representantes da Petrobras, Marinha, Aeronautica, ANENT, UERJ, SOBEA, Sindicato dos Enfermeiros da Marinha Mercante e pós-graduandos da área de saúde do trabalhador.

A continuação deste debate, já com aplicação do MASP, para identificação das causas dos problemas levantados e proposta de soluções, vai acontecer no próximo dia 02/03, no horário de 9h às 18h, no Auditório do COFEN (Rua da Gloria, 190 / 6º andar – Glória)

Com as informações – COREN-RJ

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta