Maersk Alabama é atacado pela terceira vez

0
146

O Maersk Alabama, que ficou conhecido pelo ataque de piratas em 2009 que levou à captura e posterior resgate dramático de seu Comandante, foi novamente alvo de uma ação de piratas somalis no Oceano Índico.

No último ataque, quatro supostos piratas em um a lancha aproximaram-se do navio e tentaram vir a bordo através de uma escada de quebra peito com ganchos, lançada contra à balaustrada do convés do navio, mas foram repelidos por tiros de advertência e empreenderam fuga, nesta terça feira.

O Maersk Alabama segue agora para o porto de Mombasa, no Quênia.

Essa ocorrência marca o terceiro ataque pirata ao Maersk Alabama no Oceano Índico.

O pior ataque ocorreu em Abril de 2009, quando piratas seqüestraram o Maersk Alabama e tomaram o Comandante Richard Phillips como refém. Homens armados mantiveram o Comandante com uma arma diretamente apontada para sua cabeça durante 5 dias a bordo de uma baleeira, até que atiradores de elite do SEAL, tropa de elite da Marinha americana (como os nossos Mergulhadores de Combate), libertaram-no e ainda mataram mais 3 piratas num ousado ataque noturno.

A empresa ainda não manifestou-se oficialmente sobre o ocorrido.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta