Eni já admite vender sua parte na Galp

0

O acionista italiano da Galp, a ENI, admite vender a sua posição na petrolífera portuguesa apenas se obtiver um preço por ação acima dos 14,78 euros de média dos últimos três meses, anunciou ontem o Presidente da empresa italiana.

Paolo Scaroni falava hoje em Londres, numa sessão com analistas. A ENI detém 33,34 por cento da Galp e tem sido notícia nas últimas semanas como estando a negociar com os angolanos da Sonangol a venda da sua participação, especialmente depois de terem fracassado negociações semelhantes com os brasileiros da Petrobras.

No entanto, no início do mês Scaroni disse que a ENI já não está a negociar com ninguém a venda da sua participação na Galp, depois de as negociações com a Petrobras terem abortado.

Com as informações – Nuno Vinha / Agência Lusa

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta