Petrobras vai utilizar a Base Aérea de Santos para o pré-sal

0

A Petrobras começará, em breve, a segunda fase de implantação da Bacia de Santos. Agora, a empresa vai investir nas áreas de apoio offshore, para coordenar a logística entre o continente e as plataformas. Segundo o Gerente-Geral da Unidade de Operações de Exploração e Produção da Bacia de Santos, José Luiz Marcusso, serão duas novas bases logísticas – uma em Itaguaí (RJ) e outra na Base Aérea de Santos, que fica no município de Guarujá (SP), às margens do porto de Santos.

Atualmente, o envio de suprimentos pelo mar às 17 sondas e aos sete sistemas de produção da Bacia de Santos é feito a partir das cidades de Macaé (RJ) e de Itajaí (SC). O transporte aéreo, destinado a levar pessoas e pequenas peças, é feito desde Jacarepaguá (RJ), Navegantes (SC) e Itanhaém (SP).

Com o início da produção comercial de óleo e gás no pré-sal, a empresa inaugura uma fase de números superlativos, que exigirá a ampliação da atuação de todas as áreas. Marcusso acredita que, em 2020, a empresa e seus parceiros produzirão 1,8 milhão de barris por dia em Santos.

Com as informações – Aero Magazine

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta