Galp vai abrir capital no Brasil

0
110

A Galp anunciou a intenção de abrir o capital da sua subsidiária no Brasil através de um aumento de capital de dois mil milhões de euros. Esta operação permitirá à empresa financiar o amplo programa de investimentos em exploração e produção de petróleo e gás no país.

O comunicado não especifica que participação é que a empresa portuguesa vai ceder da sua subsidiária.

Hoje, a petrolífera nacional revelou ainda que tem um plano de investimentos de cinco mil milhões de euros até 2015, numa apresentação feita no Rio de Janeiro.

A Galp divulgou também um novo objectivo de produção própria de petróleo de 200 mil barris por dia em 2020, o que corresponde às necessidades diárias da refinaria de Sines. Até 2025, a empresa tem ambição de alcançar os 300 mil barris de petróleo equivalente (incluindo gás natural) por dia. Em 2010, a Galp produziu 19,5 mil barris diários.

O aumento de capital da subsidiária no Brasil deverá estar concluído no segundo semestre deste ano e permitirá à Galp atingir um rácio de dívida líquida sobre capital interior a 50%.

Em Portugal, os investimentos vão concentrar-se na reconversão das refinarias. Este projecto vai absorver uma importante fatia dos investimentos de 1,2 mil milhões de euros previstos para este ano que também vão financiar o desenvolvimento dos campos Lula e Cernambi no pré-sal da Bacia de Santos, no Brasil, e ainda no Bloco 14 em Angola.

A empresa espera obter uma taxa de crescimento médio anual de 15% até 2015.

Com as informações – Ana Suspiro / I On line (Portugal)

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta