Mercadante quer R$ 1 bilhão para o pré-sal

0

Diante de reitores de universidades federais, o Ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, defendeu a vinculação de recursos obtidos com o pré-sal diretamente para a pasta. A proposta, encaminhada ao Ministério da Fazenda, é de que essa vinculação chegue a R$ 1 bilhão por ano.

“Não podemos mais estar pendurados ao Orçamento, R$ 620 milhões foram retirados do Ministério da Ciência e Tecnologia. Turismo e Cidades receberam R$ 2 bilhões. A proposta que fizemos para a Fazenda é arrecadar cerca de R$ 1 bilhão por ano”, disse o Ministro em reunião da Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições de Ensino Superior (Andifes).

Embora tenha lamentado os cortes sofridos pelo ministério, Mercadante voltou a festejar a ampliação do orçamento da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) – de R$ 4 bilhões para R$ 6 bilhões. E insistiu na transformação da entidade em instituição financeira. “Minha expectativa é que a Finep vire o Banco da Inovação do Brasil”, afirmou.

Aos reitores, o Ministro questionou ainda a falta de entrosamento entre as universidades e o setor produtivo – mas preferiu responsabilizar os últimos. “O Brasil pesquisa e desenvolve pouca tecnologia. Não há demanda por pesquisa e desenvolvimento nas empresas privadas. O empresário acha mais fácil comprar lá fora. Ele não pensa em fazer uma parceria com uma universidade para desenvolver uma tecnologia.”

Com as informações – UnB Agência

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta