Baile dos Feras da EFOMM 2011

1
83

Na última sexta-feira, dia 25 de Março, no centro da nossa Cidade Maravilhosa, ocorreu o famoso e tradicional Baile dos Feras. Com diversas atrações, o Baile dos Feras 2011, organizado pela SAMM (Sociedade Acadêmica da Marinha Mercante), foi um sucesso de público e agitou a noite carioca. Muita descontração e gente bonita circulando pelo Scala Rio. Quem não foi realmente perdeu.

Os alunos do primeiro ano da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante, os feras, receberam, ou tentaram, um grande público pra prestigiar o evento, pena que nem todos conseguiram fazê-lo. O Portal Marítimo, sob as figuras de Rodrigo Cintra e Caê Mahan, se fez presente e pode conferir de todos os ângulos como foi o evento.

Aqui era aonde a galera descansava um pouco, porque o Salão estava bombando!

Como todo baile, tivemos a presença de diversas figuras já conhecidas da nossa Marinha Mercante, como o Professor Adilson Coelho, seu filho, o Tenente Coelho, que acaba de regressar à EFOMM e que sempre foi muito parceiro dos alunos, Comandante La Peña, Tenente Karina, Tenente Alves, Tenente Lívia, diversos Praticantes e Oficiais da Marinha Mercante.

Comandante La Peña e Oficiais do CIAGA

Não podemos deixar de comentar a presença das belíssimas convidadas que sempre se fazem presentes. Pudemos perceber que muitas já chamam alunos e ex-alunos de turmas de 10 anos atrás pelo nome e sobrenome. O tempo passa e você vê que algumas convidadas vão ao Baile realmente há mais de dez anos, sinal de que este Baile é referência.

Tenente Coelho, Professor Adílson Coelho e família

Como ex-alunos foi no mínimo “interessante” percebermos que certas coisas não mudam. Bons e maus hábitos ainda são mantidos enraizados na cultura do Aluno da EFOMM. Já passamos por isso, já aprontamos muito e sabemos que isso, de certa forma, feliz ou infelizmente, “faz parte”.

Diretamente de Teresópolis, um dos mais belos sorrisos da EFOMM

O fato que mais nos chamou atenção foi ver diversos Oficiais da MM, ex-alunos, barrados na porta, devido à suposta superlotação do clube, enquanto militares de outros centros, de outras forças curtiam a festa que deveria ser da Marinha Mercante. Isso não é egoísmo ou “rixa”, isso é bom senso. A festa é dos Feras, é a festa de boas vindas aos Feras, é uma festa da Marinha Mercante, quem paga o baile são eles, nossos futuros oficiais, devidamente descontados em folha.

Caê Mahan e Rodrigo Cintra

Caê Mahan – No momento em que cheguei havia mais de uma centena de pessoas na porta, impossibilitados de entrar pela segurança do clube. Mal planejamento, falta de experiência? Não sei, o aluno não é promoter, não é “engenheiro de night” como diria um amigo meu, mas o baile acontece todo ano, dá pra ter uma boa noção do que se esperar, correto?! Confesso que só obtive acesso por ser do Portal, e ter sido convidado para a Área VIP e ao entrar, vi e tentei contornar a situação de diversos amigos meus de turma barrados, coisa que o Cintra já estava fazendo e tentando resolver da melhor maneira.

O Baile em si… Bom, baile é sempre baile. Muita mulher bonita, um clima alegre e descontraído e, ao final do Baile.. Muuuuitas… mas muuuitas estórias para contar. Entre excessos e coisas engraçadas, poderíamos escrever um livro aqui, mas não é o caso. Deixa o Cintra explicar como foi lá dentro, já que ele chegou bem mais cedo do que eu, e acho que já tinha até esquecido como eram essas coisas…

Rodrigo Cintra – Pois é, Caê. Havia muita gente de outras Escolas Militares (nada contra os mesmos) e um “mar de barrados” do lado de fora. Pior foi ver alunos tentando colocar mais gente de fora pra dentro, enquanto diversos marítimos e alunos da EFOMM continuavam do lado de fora. Apesar disso, pude ver também o Presidente da SAMM, o Aluno Denilson, juntamente com o Comandante La Peña  e alguns membros da Diretoria realmente envolvidos na tentaiva de resolver a situação da melhor maneira e isso foi um ponto positivo. Segundo informações da Direção do Scala, o estabelecimento estava lotado e, por questões de Segurança, ninguém mais poderia entrar. Pela segurança, isso é válido, ok. Agora, ficou muito aluno, parente de aluno e marítimo do lado de fora e acredito que as prioridades devam ser revistas.

Adilson, Presidente da SAMM, cercado por colegas. Parabéns, rapaz!

No mais, o Baile foi bom, Mc Marcinho mais uma vez deu um show e os DJs arrebentaram.

Mc Marcinho de um show a parte, como sempre

Foi muito bom rever o pessoal, conhecer pessoas que só me conheciam de nome, ou pela Internet, e me divertir um pouquinho com a minha esposa no Baile, pois ninguém é de ferro.

Apesar dos fatos citados e de outros que achamos melhor não citar, o Baile foi bom e quem não foi realmente perdeu.

Por Rodrigo Cintra e Caê Mahan

1 COMMENT

Deixe uma resposta