Rapidinhas: Cisne à jato!!

0

Maersk recebe navio especial para Oeste da África, Sonangol iniciando operações no Iraque e Sinopec anunciando resultados. É a dinâmica do Petróleo. Apesar dos confrontos na Líbia e dos desastres no Japão, tudo continua sendo para ontem. E nesse ritmo é que mandamos as rapidinhas de hoje, estalando no seu monitor!

Maersk recebe navio projetado para Oeste Africano – A Maersk Line recebeu o primeiro navio da série de 22 porta-contêineres chamada Walfmax, especialmente projetada para as limitações do mercado do oeste da África com a Ásia. A primeira unidade da série, que tem capacidadde de 4.500 Teus (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés), foi nomeado Maersk Conakry, na semana passada, em uma cerimônia na Hyundai Heavy Industries, em Ulsan, na Coréia do Sul. Nomeado em homenagem à capital da Guiné, o Maersk Conakry e os outros 21 navios encomendados da Hyundai serão as maiores embarcações capazes de fazer escalas no oeste africano. De acordo com a Maersk Line, os porta-contêineres também serão mais eficientes, usando 30% menos combustível por equipamento movimentado do que o que se costuma usar no trade Ásia-África.  Os navios terão comprimento de 820 pés e contingente de 44 pés – o tamanho máximo permitido no oeste da África. Segundo a Maersk, o Walfmax foi designado para consolidar a posição da companhia no mercado africano.

Sonangol inicia atividades no Iraque – A estatal petrolífera angolana Sonangol, iniciou esta quinta-feira, a sua atividade no Iraque, começando a respectiva perfuração em Abril próximo. A atividade angolana começou nos campos campos de Najma (Najmah) e Qaiyara (Qaiyarah) na região setentrional de Ninewa, no Iraque, de acordo com o jornal angolano O País. A Sonangol ganhou um concurso público lançado pelo Governo iraquiano em 2009 para a atribuição de concessões petrolíferas. A petrolífera angolana tem o objectivo de produção de 120 mil barris por dia no campo de Qaiyarah enquanto em Najma, que possui reservas de 858 milhões de barris, a meta de produção fixada é de 110 mil barris diários. Devido ao conflito armado no país e ao embargo imposto ao país em 1990, o Iraque não desenvolve a exploração petrolífera há vários anos.

Sinopec anuncia resultados em Hong Kong – Petroleum & Chemical, também conhecida como Sinopec, participou ontem de entrevista coletiva para anunciar os resultados anuais da empresa em Hong Kong, na China. A companhia, que é a maior refinaria da Ásia, vai cortar custos e acelerar sua expansão no exterior com os controles do governo para impedir que a empresa repasse os aumentos de preços do petróleo bruto para os consumidores. O lucro da companhia subiu 14%, para o recorde de 71,8 bilhões de yuans (US$ 11 bilhões) no ano passado. A refinaria, que investiu pela primeira vez em campo petrolífero no exterior em 2010, disse que planeja crescer globalmente nos próximos cinco anos para reduzir a dependência de vendas de combustíveis domésticos. As ações da empresa avançaram 21% na Bolsa de Hong Kong em 2010.
.
Por Marcus Lotfi

Deixe uma resposta