Em parceria, Petrobras lança curso de segurança no mar para pescadores

1

A Petrobras e a Falck Nutec iniciaram as aulas do Pescador Seguro no dia 28 de março (segunda-feira). O projeto tem como objetivo a capacitação de pescadores artesanais para a segurança no mar. Aproximadamente 360 profissionais dos municípios costeiros da área de influência da Petrobras na Bacia de Campos receberão, até abril de 2012, treinamento prático e teórico de oito horas de duração. Os temas das aulas são: primeiros socorros, combate a incêndio com ênfase em embarcações pesqueiras, sobrevivência no mar e navegação com GPS. Cerca de 30 pescadores foram certificados na aula inaugural.

“Este trabalho é de grande relevância, pois demonstra o comprometimento da Petrobras com as comunidades localizadas em seu entorno e com a segurança em alto mar. Com as aulas, os pescadores passam a ter condições de agir em defesa própria e de outras pessoas, evitando que acidentes reversíveis e controláveis ganhem grandes proporções e coloquem em risco a saúde dos envolvidos”, diz o Gerente de Meio Ambiente da Petrobras na Bacia de Campos, Aldo de Brito.

Este é o segundo convênio do Pescador Seguro assinado entre a Petrobras e a Falck Nutec. Durante as aulas do primeiro convênio, realizadas entre 2007 e 2008, 433 pescadores foram capacitados.

“Entendemos a importância social deste projeto e, por isso, retomamos as atividades em 2011, a partir deste novo convênio com a Petrobras. Observamos o quanto o conhecimento é bem recebido pelos pescadores e como isso auxilia no dia a dia deles”, ressaltou o Diretor Comercial da Falck Nutec, Alexandre Reis.

Para participar do curso, é preciso fazer a inscrição nas Colônias e Núcleos Regionais de Pescadores e ter o Registro Geral da Pesca, emitido pelo Ministério da Pesca e Aquicultura, ou a habilitação de aquaviário (carteira POP), emitida pela Marinha do Brasil. Este é um dos critérios do Programa Petrobras Mosaico de fomento à regularização profissional, do qual o Pescador Seguro faz parte.

“É importante que todos nós sejamos cadastrados e tenhamos nosso registro ou carteira POP. Neste sentido, o Pescador Seguro vai além da capacitação para a segurança no mar e contribui também para nossa regularização profissional”, afirmou a Representante da Colônia da Z-2 de São João da Barra, Marinete Silva.

A segunda aula do convênio 2011/2012 do Projeto Pescador Seguro está prevista para o dia 18/04 e será direcionada para pescadores inscritos nas Colônias e Núcleos Regionais de Cabo Frio, Tamoios e Búzios. A cada mês, uma nova turma é formada.

Fonte: Portal Fator Brasil

Por Marcus Lotfi

1 COMENTÁRIO

  1. sou pescador a anos egostsria de fazer o curso de aquaviario, gostaria de ajuda morro em niteroi bairro de jurujuba onde posso me escrever e tenho 55 anos.

Deixe uma resposta