Norueguesa Statoil começa em Peregrino querendo aumentar produção em 12 meses

0



A petrolífera norueguesa Statoil começou a produção de petróleo no campo Peregrino, na bacia de Campos, e planeja aumentar o fluxo par 100 mil barris de óleo equivalente por dia dentro de 12 meses, informou a empresa nesta segunda-feira.

O campo, em que a empresa vendeu uma participação de 40 por cento para a chinesa Sinochem Group, é o mais importante para a Statoil, como operadora, fora da Noruega.

“A equipe de projeto e nossos parceiros fizeram um trabalho excelente na entrega de um projeto complexo dentro do plano e abaixo dos custos”, afirmou o presidente-executivo, Helge Lund, em comunicado.

“Com o campo de Peregrino em operação total, a Statoil será a segunda maior operadora no Brasil. O campo oferece para nós uma excelente oportunidade para crescimento futuro no país”, acrescentou.

O acordo com a Sinochem não foi formalmente fechado e ainda precisa de aprovações governamentais, segundo a companhia norueguesa, que deterá 60 por cento de participação. A expectativa é que o acordo seja finalizado na próxima semana.

A Statoil informou que o campo, que está 100 metros abaixo da superfície da água, contém 300 milhões a 600 milhões de barris de óleo equivalente recuperável e um “potencial significativo para descobertas”.

Peregrino está a 85 quilômetros da costa do Brasil, na bacia de Campos. A primeira fase de desenvolvimento inclui duas plataformas de perfuração e uma grande unidade flutuante de produção, armazenamento e distribuição (FPSO).

Um total de 37 poços estão planejados, todos usam uma tecnologia de poço horizontal avançada para maximizar a recuperação, informou a Statoil.

Fonte: Reuters

Por Marcus Lotfi

 

Deixe uma resposta