Nova Zelândia – Governo envia navio para garantir a ordem em projeto da Petrobras

0

O Governo da Nova Zelândia enviou um navio à costa leste do país para evitar um confronto entre militantes do Greenpeace e a tripulação de um navio sísmico que está a serviço da Petrobras na região nesta terça feira.

Os militantes do Greenpeace tentam há vários dias impedir as operações do navio Orient Explorer na Bacia de Raukumara.

O navio enviado pelo Governo em Wellington seguiu com diversos Agentes da Polícia encarregados de controlar a situação e permiti que as operações contunem sem maiores problemas, segundo o Oficial Barry Taylor.

Segundo o primeiro Ministro John Key, a região do conflito está na Zona Econômica Exclusiva da Nova Zelândia e a Polícia tem plenos poderes para agir na área.

“A Polícia vai impor um equilíbrio entre o direito pacífico de manifestação e o direito de uma companhia de proceder uma prospecção autorizada, na bacia de Raukumara”, declarou Key

Segundo o Greenpeace, esta é uma mensagem ao Governo de que a exploração de petróleo em águas profundas não será tolerada na Nova Zelândia.

“Se não detivermos estas primeiras prospecções em águas profundas, teremos plataformas em torno da Nova Zelândia em breve, com o crescente risco de maré negra e aquecimento global”, advertiu Abel.

O Primeiro-Ministro declarou ainda que o Governo investe fortemente nos setores de gás e petróleo, o que motivou a licença concedida à Petrobras.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta