Aumenta número de resgatados na plataforma que está afundando no Golfo do México

0

Um total de 713 trabalhadores foram retirados da plataforma de petróleo que afundou parcialmente na costa do Estado de Campeche, no golfo do México, informou a empresa Petroleos Mexicanos, conhecida como Pemex, nesta quarta-feira (13).

O incidente não deixou feridos e nem provocou vazamento de combustível.

A empresa afirma em um comunicado que foi detectado um problema mecânico aparentemente em uma válvula de controle da plataforma Júpiter, que abrigava os trabalhadores a 80 km da costa mexicana.

Inicialmente, 638 trabalhadores foram retirados nesta terça-feira (12) depois que a água entrou em parte das instalações e começou a pender para um lado. Outras 75 pessoas continuavam aguardando resgate ou trabalhando na recuperação da plataforma.

Mais tarde, a Pemex disse em comunicado que retirou todos os 713 trabalhadores a bordo da plataforma.

– Depois de várias tentativas para resgatar a unidade, a plataforma virou e afundou parcialmente.

A plataforma, que pertence a uma empresa particular terceirizada, era usada como alojamento de funcionários.

Com as informações – R7

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta