USP assina convênio com a BG

0

A Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) deverá ajudar um dos maiores grupos de exploração de petróleo do mundo, o British Gas (BG), a atuar no Brasil. Objetivo é o desenvolvimento de novas tecnologias para prospecção de petróleo e gás nas áreas do pré-sal. Para tanto, foi assinado protocolo de intenções entre a BG E&P Brasil Ltda, uma empresa integrante do Grupo BG, e a Poli, representada por seu Diretor, José Roberto Cardoso.

Por meio da E&P Brasil, o grupo BG está se instalando no País, onde pretende investir US$ 1,5 bilhão até 2025. Para cumprir a legislação brasileira, a companhia terá que destinar 1% do faturamento bruto obtido nos campos de petróleo que explora, para projetos de pesquisa e desenvolvimento de tecnologia. Daí o interesse em financiar a Poli para isso.

Segundo o Professor Kazuo Nishimoto, do Departamento de Arquitetura Naval e Engenharia Oceânica, da Poli, as pesquisas necessárias para exploração de óleo e gás na bacia de Santos será o principal objeto da parceria. “Mas tudo que estiver relacionado ao assunto poderá ser tratado, inclusive mitigação de mudanças climáticas”, explica Nishimoto, que é responsável pelo Tanque de Provas Numérico (TPN) da Poli, no qual são realizados muitos estudos na área de interesse do Brupo BG.

No protocolo, que é válido por dois anos, ficou definido que “qualquer dos declarantes e suas afiliadas poderão ter a iniciativa de propor projetos específicos de pesquisa e desenvolvimento ou extensão de serviços à comunidade, para realização conjunta de ambos”. O acordo prevê ainda intercâmbios de professores e estudantes e profissionais das duas partes e suas afiliadas.

Com as informações – Portal Fator Brasil

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta