Vídeo – Naufrágio no Espírito Santo agora é abrigo para diversas criaturas

0

No litoral do Espírito Santo, uma demonstração do poder de transformação que a natureza tem. Foi o que o repórter André Junqueira constatou em mergulhos, ao longo de oito anos, na região onde um navio foi afundado.

Após deixar Guarapari logo cedo, o destino da equipe de reportagem estava 12 quilômetros adiante: para aonde foi levado, oito anos atrás, o navio de bandeira grega, Victory 8B.

O cargueiro abandonado, de 89 metros de comprimento e 13 de altura, foi preparado para o naufrágio e afundou em uma tarde de sol.

Vejam o vídeo:

A área onde o navio foi afundado se transformou completamente. Não é a primeira vez que a equipe faz um mergulho no local, mas é impressionante acompanhar como tudo era antes e como ficou depois.

Antes mesmo do cargueiro afundar, em 2003, a equipe esteve na área escolhida para o naufrágio. Após descer 34 metros, ao chegar ao fundo, um pedaço do mar totalmente sem vida e sem graça para o mergulho.

No mesmo ano, a equipe voltou quatro meses depois do navio afundar. A estrutura de aço já havia se transformado: coberta por algas e corais, virou abrigo para muitos peixes.

O navio, em 2006, se mantinha intacto sobre um banco de areia e permitia o passeio pela sala de comando, pela cozinha. O navio também virou casa de um enorme mero, que não se importou nenhum um pouco com tantos visitantes.

No fundo do mar, a vida está em constante renovação. E, mesmo para quem já conhece o naufrágio, sempre existem novas surpresas a cada mergulho. O Victory 8B está sempre diferente. A parte de trás navio tombou: “Uma tormenta que teve em julho do ano passado, no inverno, com ondas muito grandes, produziu refluxo no fundo, que balançou o navio até deitar ele sobre a areia”, explica o mergulhador Júlio Yaber.

Na estrutura de aço que se partiu, apareceram novos abrigos para peixes coloridos. A vida continua se espalhando no fundo do mar.

Com as informações – Jornal Nacional

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta