OGX em busca de recursos

0

A OGX recebeu do mercado oferta de cerca de US$ 2 bilhões em bonds ou oil financing para garantir seus investimentos no próximo ano. A informação é do presidente do Conselho de Administração da empresa, Eike Batista, que participou nesta segunda-feira (18/4) de teleconferência com analistas de mercado. 

A empresa deve emitir títulos, sem diluir ações. “Mais de US$ 2 bilhões já estão sendo oferecidos por meio de mecanismos de financiamento”, afirmou. 

A OGX também está em processo de farm-out de até 10% de seus ativos na Bacia de Campos. A ideia é utilizar os recursos para capitalizar campanhas futuras. 

Na última sexta-feira (18/4), a consultoria DeGolyer & MacNaughton revisou de 6,8 bilhões barris de óleo equivalente (boe) para 10,8 bilhões boe o volume de recursos potenciais líquidos da OGX. A análise apontou reservas de 5,7 bilhões de boe na Bacia de Campos, 1 bilhão de boe no Parnaíba e 1,1 bilhão de boe na Colômbia, que se somam a relatório de setembro de 2009 para as bacias de Santos, Espírito Santo e Pará-Maranhão.

O diretor-geral da OGX, Paulo Mendonça, considerou o relatório “absolutamente conservador”. Segundo ele, o documento não contempla a perfuração de 15 poços feitos ao longo de 2011. “Isso faz com que nós acreditemos que há muito ainda por ser revelado”, comentou.

Com as informações – Revista Fator

Por Caê Mahan

Deixe uma resposta