Greenpeace tenta impedir saída de plataforma em direção ao Ártico

2

Um grupo de activistas da organização ambientalista Greenpeace tentou impedir a saída de uma plataforma petrolífera do porto de Istambul, na Turquia, com destino à Gronelândia, no Pólo Norte.

Onze pessoas escalaram a plataforma “Leiv Eiriksson” e colocaram faixas com mensagens contra a exploração dos recursos naturais do Árctico.

Os activistas da Greenpeace ficaram cerca de 20 horas na plataforma, mas tiveram de abortar a acção devido ao mau tempo.

A plataforma “Leiv Eiriksson” tem 52 mil toneladas e é operada pela companhia Cairn Energy, que está a liderar a corrida ao petróleo do Árctico.

“Baffin Bay, para onde se está a dirigir a «Leiv Eiriksson», é uma das áreas naturais mais frágeis do mundo, com uma fauna muito vulnerável”, diz Joss Garman, da “Greenpeace”, em declarações ao jornal “El Pais”.

O Oceano Árctico tem 13% das reservas mundiais de petróleo.

Com as informações – Renascença (Portugal)

Por Rodrigo Cintra

2 COMENTÁRIOS

  1. Concordo,
    E tem mais, se eles atrapalham o desenvolvimento sustentável, de onde eles vão tirar o combustível para as suas embarcações e helicópteros? Não acreditem nesse pessoal.

Deixe uma resposta