AIE quer mais petróleo

0

Para responder à alta dos preços do petróleo nos mercados internacionais desde setembro, e só atenuada no início de maio, a Agência Internacional de Energia (AIE) pediu nesta quinta-feira (19) aos países produtores que ofereçam mais petróleo ao mercado para evitar que os elevados preços ameacem a recuperação econômica mundial.

Em declaração por ocasião da reunião quadrimestral de seu conselho de administração, a AIE ressaltou que “está claro que há uma necessidade urgente de abastecimento suplementar com base mais competitiva para as refinarias com o objetivo de prevenir uma maior tensão no mercado”.

Os administradores mostraram uma “séria preocupação” porque há “crescentes sinais de que a alta dos preços do petróleo desde setembro está afetando à recuperação econômica”.

Um efeito que se reflete no agravamento dos desequilíbrios financeiros globais, a redução da capacidade aquisitiva da população e das empresas pelas pressões de alta e sobre as taxas de juros.

A agência lembrou que entre maio e agosto estamos em um período no qual estacionalmente sobe a demanda de petróleo e advertiu que houvesse novos louvores do barril na atual fase do ciclo econômico, haveria um risco de “recuo” da recuperação, e isso iria também contra os interesses dos países produtores.A AIE se mostrou disposta a trabalhar com os produtores e outros países não membros “neste espírito construtivo” e a utilizar “todos os instrumentos dos que dispõem” seus componentes.
.
Em seu último relatório mensal publicado no último dia 12 de maio, a organização corrigiu para baixo suas previsões de consumo global de petróleo para 2011 por causa dos preços do barril, que pela sua opinião podem acabar afetar o ritmo de crescimento econômico.

Nesse estudo destacou que os dados preliminares de março sugerem que pela primeira vez desde o verão de 2009 houve estagnação da demanda de petróleo.

Com as informações – TN

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta