Barco emborca no Lago Paranoá e deixa um morto

0

Um barco com pelo menos 92 pessoas a bordo virou e afundou na noite deste domingo, por volta das 20h30, no Lago Paranoá, em Brasília. Ainda não há informação do número exato de pessoas que estavam na embarcação.

Segundo apuração da reportagem do iG, 80 pessoas e 12 tripulantes foram resgatados –  um bebê de aproximadamente seis meses não sobreviveu.

As vítimas socorridas pelo Corpo de Bombeiros foram atendidas nas instalações da Associação dos Servidores da Câmara dos Deputados (Ascade), um clube próximo ao local do acidente, e liberadas para irem para casa. De acordo com os Bombeiros, três pessoas foram hospitalizadas.

A embarcação, de propriedade particular, promovia uma festa no lago no momento em que afundou. Ela partiu do clube Cota Mil às 19h30 e virou cerca de uma hora depois. A embarcação tinha capacidade para transportar 90 pessoas e estava com a documentação regularizada.

De acordo com Sergio Augusto, uma das vítimas resgatadas, uma lancha cujo piloto estava embriagado teria se chocado com a embarcação.

O Comandante Rogério Leite, delegado fluvial de Brasília, não confirmou a colisão entre os barcos. “Sabemos que ela encostou, mas isso ainda será investigado”. Leite afirmou que o condutor da embarcação disse em depoimento que o barco afundou em pouco tempo, mas que ele tentou entregar os coletes salva-vidas.

A Marinha abriu um inquérito administrativo para investigar o acidente.Um inquérito criminal foi aberto pela Polícia Civil.

Segundo os mergulhadores do Corpo de Bombeiros, o barco foi encontrado a 17 metros de profundidade, mas eles ainda não conseguiram entrar na embarcação pois existe o risco dela afundar ainda mais.

Seis barcos, dois helicópteros e 25 mergulhadores foram mobilizados para ajudar nas operações de resgate, que ainda buscam por sete pessoas desaparecidas.

As buscas por sobreviventes foram suspensas na madrugada por volta das 3h da manhã. Segundo a assessoria da Marinha, as buscas foram retomadas às 6h e, no momento, a Marinha trabalha para retirar a embarcação do local.

Com as informações – Severino Motta / iG

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta