Licitação de Navios de Lançamento de Linhas agita o Mercado

1

A Petrobras recebeu propostas de cinco empresas para a concorrência que prevê o afretamento de três a seis embarcações do tipo PLSV para o lançamento de linhas flexíveis. McDermott, Subsea 7, Helix Energy, TL Offshore e o consórcio Technip/Odebrecht disputam contratos de cinco anos, renováveis pelo mesmo período.

A Petrobras ainda não marcou a data para a abertura das propostas comerciais. As primeiras reuniões técnicas estão sendo iniciadas pela petroleira. A licitação foi dividida em seis lotes, sendo dois para navios com capacidade de tensionamento de 200 t, dois para navios para 300 t e dois para navios para 550 t. O segundo lote de cada categoria será contratado opcionalmente da empresa que apresentar o menor preço para cada modalidade de embarcação.

Os navios de 200 t e 300 t deverão ser construídos no Brasil, com conteúdo nacional mínimo de 51%, seguindo as regras de conteúdo local previstas pela ANP. As unidades foram especificadas para operar em lâmina d´água de 2 mil m.

Os navios de 500 t foram especificados para operar em lâmina d´água de 2.500 mil m e poderão ser construídos no exterior. A Petrobras pretende utilizar as embarcações dessa categoria em operações de lançamento no pré-sal.

Com as informações – Felipe Maciel / Energia Hoje

Por Rodrigo Cintra

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta