Maersk cogita abandonar porto italiano

0

A Maersk Line está a pensar retira-se do porto italiano de Gioia Tauro, o que poderá ser um dramático golpe neste conturbado porto como hub líder de transbordo de contentores do Mediterrâneo.

A transportadora dinamarquesa deixará serviços de transbordo, em julho, reduzindo sua presença em Gioia Tauro a uma única ligação de servilço à cidade de Génova.

“A Maersk Line pode confirmar que seus serviços de Ásia-Europa deixarão de escalar Gioia Tauro no início de julho”, disse o porta-voz da Maersk Michael Christian Storgaard. “Na prática isto significa que Gioia Tauro já não será usado como um centro de transbordo na rede global da Maersk Line”.

A Maersk vai transbordar recipientes asiático com destino ao Mediterrâneo Central no terminal CMA CGM de Malta, onde vai “alavancar” o seu acordo de partilha de navios com a transportadora francesa.

Storgaard disse que a decisão de parar de escalar Gioia Tauro foi impulsionada pelo esforço contínuo Maersk para otimizar sua rede de serviços, garantindo operações rentáveis e competitivas. Insinuando novas mudanças na rede, Storgaard disse que a Maersk está “constantemente à procura de produtos mais atraentes e as reduções de custos para se adaptar à dinâmica do mercado” noutros lugares do Mediterrâneo.

Maersk é o maior cliente Gioia Tauro, respondendo por cerca de 25 por cento do seu tráfego de contentores, que totalizaram 2,85 milhões de teu em 2010.

Com as informações – Cargo Edições (Portugal)

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta