Cruzeiro pela Patagônia vai comemorar os 180 anos da expedição de Charles Darwin

0

Em outubro, um cruzeiro marítimo vai fazer um trajeto pela Patagônia para lembrar os 180 anos da partida do naturalista inglês Charles Darwin até a região.

Em 27 de dezembro de 1831, Charles Darwin partia de Devonport, na Inglaterra, Reino Unido, a bordo do navio HMS Beagle, rumo a uma jornada científica que lhe ajudaria a criar a Teoria da Evolução.

No entanto, a proposta da empresa de cruzeiros de expedição Cruceros Australis é que o trajeto do pesquisador seja refeito com muito conforto e requinte, no sistema “all inclusive” (tudo incluso), pela Patagônia e a Terra do Fogo, extremidade sul das Américas.

De 19 a 22 de outubro, o navio Stella Australis percorrerá a rota Ushuaia (Argentina), conhecida como “a cidade do fim do mundo”; até Punta Arenas (Chile), em três noites. Já no dia 22 de outubro, navegará por quatro noites no roteiro inverso.

As três noites da rota Ushuaia – Punta Arenas em cabine dupla B custam a partir de US$ 1.124, em acomodação dupla. No roteiro inverso, o valor é a partir de US$ 1.498 por quatro noites, em acomodação dupla.

ROTA

Partindo da cidade argentina de Ushuaia, a embarcação percorrerá o canal Beagle. O destino é o mítico cabo Horn, última fronteira antes da Antártida, com uma imensa colina de 425 metros. O local foi declarado Reserva da Biosfera pela Unesco em 2005 pela sua importância no ecossistema da região.

Depois, ruma-se à baía Wulaia. Ela se destaca por ser onde Darwin teve contato com a vegetação magalhânica e com os nativos canoeiros Yámanas, habitantes originais do lugar.

A navegação segue pelo o glaciar Aguila, onde será avistada uma geleira e o contraste entre a cordilheira Darwin e a floresta magalhânica.

A travessia pode ser admirada de dentro das janelas dos salões, restaurante ou cabines do navio.

No último dia, visita-se a ilha Magdalena, onde uma caminhada permite a observação de milhares de pinguins. A aventura termina em Punta Arenas, onde os passageiros têm chance de visitar o parque nacional Torres del Paine.

Durante o cruzeiro, os viajantes também podem ouvir palestras sobre as viagens de Darwin com os especialistas Gerardo Bartolomé, John Woram e Sergio Zagier. Também estão inclusos desembarques diários com guias.

Mais informações no site www.australis.com.

Com as informações – Jornal Floripa

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta