Produção da Petrobras aumentou mais ainda

0

A produção de petróleo e gás da Petrobras no Brasil, em junho, foi de 2.407.366 barris de óleo equivalente por dia (boed). Esse volume indica um aumento de 4% sobre os 2.315.117 barris produzidos no mesmo mês de 2010, e de 2% em comparação a maio de 2011. A produção de gás natural no Brasil em junho foi de 57 milhões 317 mil metros cúbicos por dia, indicando um aumento de 6,9% em relação ao mesmo mês de 2010 e de 0,7% em relação a maio de 2011.

Considerada a produção exclusiva de petróleo dos campos nacionais, a Companhia registrou um aumento de 2,2% sobre o volume produzido no mês anterior e de 3,5% em relação a junho de 2010. Contribuíram para esses resultados o retorno à produção de plataformas que estavam em paradas programadas na Bacia de Campos e a entrada em operação de mais um poço na plataforma P-57, no campo de Jubarte, na porção Capixaba da Bacia de Campos. No final de junho foi iniciado, também, o Teste de Longa Duração (TLD) do campo de Aruanã, na Bacia de Campos.

Produção internacional

O volume de petróleo e gás natural dos campos situados nos países onde a Petrobras atua chegou a 234.142 boed em junho, indicando um aumento de 4% na comparação com o mês anterior, em consequência de uma maior demanda pelo gás boliviano e maior produção nos campos de gás na Argentina. Na comparação com junho de 2010, houve decréscimo de 5,6%, devido a questões operacionais e pagamento de impostos em Akpo, na Nigéria.

No exterior, a produção exclusiva de petróleo em junho atingiu 133.071 barris/dia, e a de gás natural foi de 17,17 milhões de metros cúbicos.

Produção total

A produção média total de petróleo e gás natural da Petrobras (Brasil e exterior), em junho foi de 2.641.508 barris de óleo equivalente diários (boed). Esse resultado significou um aumento de 2,13% em relação ao volume total extraído em maio de 2011.

O quadro mostra a produção por estado do Brasil e por região do exterior em junho de 2011.

Clique aqui para ver o quadro.

Por Redação Portal Marítimo

Deixe uma resposta