Boskalis pega contrato de € 200 milhões com a LLX e OSX

5

A empresa holandesa de dragagem Boskalis acaba de conquistar um enorme contrato no Brasil para a construção do novo terminal portuário no Superporto do Açu, na região norte do estado do Rio de Janeiro. O contrato é avaliado em 200 milhões de euros e foi firmado com unidades da LLX Logística S.A. e OSX Brasil S.A., controladas pelo bilionário Eike Batista.

O novo porto é parte do maior empreendimento portuário da América Latina, como conta Martijn Schuttevaer, Diretor da Boskalis, em entrevista à Radio Nederland.

Não é um porto qualquer, não é?
Trata-se do novo porto TX2 no Complexo Superporto do Açu. Um enorme complexo industrial portuário no norte do estado do Rio de Janeiro, que é o maior empreendimento portuário da América Latina e deve se tornar um dos maiores complexos portuários do mundo. O porto TX2 irá acomodar o maior estaleiro da América Latina e será construído pela OSX Construção Naval S.A.

O que exatamente a Boskalis vai fazer no Brasil?
A Boskalis vai, entre outras coisas, dragar um canal de entrada e um canal interno, uma bacia de manobras, a bacia do porto e fazer trabalhos de aterro hidráulico. O projeto irá começar em breve e deverá durar no total dois anos. Além disso a Boskalis fará o revestimento das margens na entrada do porto. O total do volume dragado deverá chegar a 43 milhões de metros cúbicos, dos quais uma parte será usada para o aterro de terrenos para construção de instalações portuárias.

E vocês já possuem todo o equipamento para isso?
Para estas obras a Boskalis usará uma draga de cortador jumbo, duas grandes dragas de sucção e recalque, guindaste de garra, e mais equipamento de apoio e de terraplanagem.

Por que o Brasil é importante para a Boskalis?
Na recente renovação de estratégia da Boskalis o Brasil foi colocado como região foco para a empresa. Entre os fatores de crescimento no Brasil está o grande aumento das exportações agrícolas e minério de ferro, além da descoberta de grandes reservas de petróleo e gás natural, que teve como consequência um desenvolvimento significativo da indústria petrolífera. Portos têm que ser expandidos e construídos, há necessidade de infraestrutura adicional para gás e petróleo e a demanda de serviços relacionados continuará a crescer. Nos últimos anos a Boskalis concluiu vários projetos de infraestrutura marítima no Brasil. A empresa também tem uma forte presença local como fornecedora de operações de reboque em portos e terminais. Estes serviços são oferecidos em seis portos brasileiros pela Rebras.

A empresa também está em outras partes do mundo?
Estes desenvolvimentos abrem oportunidades importantes para que a Boskalis venha a contribuir em futuros empreendimentos portuários ou de infraestrutura petrolífera e prestação de serviços marítimos.

A construção de um porto assim é uma obra padrão para vocês ou indica um novo direcionamento?
Já fizemos isso antes. Mas a estratégia da Boskalis é direcionada a tirar proveito dos principais fatores macroeconômicos que alimentam a demanda mundial em nosso mercado: o crescimento do comércio global, o aumento do consumo de energia, a pressão devido ao crescimento da população mundial, e os desafios associados às mudanças climáticas. Este projeto surgiu do crescimento do comércio mundial e da necessidade de poder acomodar navios maiores.

Com as informações – Rádio Nederland Brasil

Por Rodrigo Cintra

5 COMENTÁRIOS

  1. Com grande satisfação profissional fazer exames para BOSKALIS no Porto do Açu .

    Tank you

    Dr. Luciano de Aquino Vianna Fernandes

    Audyologist Ocupacional

    São João da Barra / Rio de Janeiro / Brasil

    02/12/2011

  2. trabalhei em uma contratada da Boscalis no obra do superporto do açu na funçao dr operador de ttator de esteira e eacavadeira fui demitido no final da obra e não me pagaram o FGTS. por favor me ajude a receber tem trez filhos e não quero entrar na justiça pra não comprometer a boskalis pois não acho isto

Deixe uma resposta