Itapoá – mais de 12 mil TEUs em 45 dias de operação

0

Em operação desde o dia 16 de junho, o Porto Itapoá já ultrapassa a marca de 12 mil TEUs (quantidade equivalente a um contêiner de 20 metros) movimentados em seu terminal. Nos primeiros 45 dias de operação aportaram no terminal 22 navios, movimentando 12.578 TEUs nas operações de importação, exportação, transbordo e cabotagem.

Em junho a média de movimentos por hora (MPH) chegou a 40,54 MPH e, em julho, atingiu a marca de 47,95 MPH, com picos de 74 MPH em alguns navios. Esta performance pode ser equiparada à movimentação dos grandes terminais brasileiros.

As principais atividades do porto concentram-se ainda nas operações de transbordo e cabotagem. Entretanto, as exportações e importações começam a evoluir na medida em que as negociações com os clientes, incluindo os armadores, são consolidadas. Grandes indústrias da região Sul e Sudeste do país visitaram recentemente o Porto Itapoá, além dos principais armadores que atuam na costa brasileira, potencializando assim a expectativa de expansão do terminal.

Hoje, o terminal recebe as principais linhas dos armadores Aliança Navegação e da Hamburg-Süd, que juntas somam 12 serviços entre cabotagem, transbordo e de longo curso. Até o final de agosto, espera-se que já sejam 18 serviços e, com a entrada de novos armadores no terminal, novas linhas e serviços irão compor este portfólio até o final do ano.

Expansão

Mesmo com poucos dias de operação, o Porto Itapoá já estuda a viabilização de sua expansão. Com sua capacidade estimada para movimentar 500 mil TEUs por ano nesta primeira fase, o terminal já tem planejado duas outras fases de ampliação, visando chegar a aproximadamente 2 milhões de TEUs por ano.

Neste momento, a principal meta do terminal é a conclusão dos acessos rodoviários. A SC-415, obra de responsabilidade do Governo do Estado de Santa Catarina, está prevista para ter condições de tráfego a partir de outubro deste ano, e ser totalmente concluída em dezembro.

Enquanto isso, os caminhões com destino e origem do Porto Itapoá, estão trafegando por uma rota provisória e alternativa, por parte do perímetro urbano da cidade, trajeto este que está recebendo investimentos do Porto na ordem de 7,5 milhões de reais, para pavimentação, sinalização e adequação das pistas.

Com a conclusão da SC-415, o acesso dos caminhões deve ser facilitado pelas condições da rodovia, diminuindo para 40 km a distância entre a BR-101, em Garuva, e o terminal.

Com as informações – Economia SC

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta