Dragagem do Mucuripe estará pronta em um mês

0

Chega a Fortaleza, no próximo sábado, a draga que finalizará o processo de aprofundamento do calado do Porto do Mucuripe, projeto que conta com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). De acordo com Paulo André Holanda, Presidente da Companhia Docas do Ceará, que administra o porto, a obra estará pronta nos próximos 30 dias.

A draga, chamada Virgínia, vem do Porto de Cabedelo, na Paraíba, e vai continuar o trabalho que foi interrompido pela máquina anterior, que, segundo a fiscalização da Secretaria Especial dos Portos, não estava desenvolvendo o serviço de forma adequada. A nova draga irá terminar o acabamento dos berços de atracação, o que representa os 5% restantes da obra.

Com a dragagem, o porto passará de uma profundidade de 10,5 metros para 14 metros, permitindo a entrada de navios de maior porte. Segundo Holanda, novos contratos já estão sendo estabelecidos para o recebimento de embarcações maiores. A Lubnor (Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste), refinaria da Petrobras localizada no Mucuripe, já acertou contratos de compra de carga em maiores volumes, que chegarão em um navio maior, o que irá reduzir os gastos da empresa com frete marítimo.

Outro contrato fechado é com o armador francês CMA CGM, que já opera no porto. O armador passará a utilizar navios maiores para fazer o escoamento de frutas produzidas no Ceará e nos estados vizinhos. Holanda informa que há também um outro contrato em negociação, cujo nome da empresa ainda permanece em reserva.

Licitação do terminal

O edital para a licitação das obras do novo terminal a ser construído no Porto do Mucuripe será lançado no próximo dia 1º de outubro, informa o presidente. O Terminal de Múltiplo Usos e de Passageiros terá custo estimado de R$ 149,8 milhões, e prazo de 18 meses de construção, após o início das obras. O empreendimento está incluído no PAC 2. Segundo Holanda, ainda falta o recebimento da Licença Prévia, a ser emitida pela Semace, para que o processo seja iniciado.

Ele adianta que a audiência pública sobre o Estudo e Relatório de Impacto Ambiental da obra será realizado no próximo mês de setembro.

Com as informações – Diário do Nordeste

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta