Dois milhões de barris por dia até 2020

0

A Diretora da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Magda Chambriard, disse hoje que o Brasil deverá chegar em 2020 exportando dois milhões de barris por dia, principalmente por parte das parceiras da Petrobras e empresas privadas nacionais e estrangeiras.

Em apresentação na manhã de ontem no auditório do Grupo Estado, no Seminário “Os Novos Desafios do Pré-Sal”, a diretora destacou o novo cenário em que o País se inseriu no mercado internacional ao descobrir as reservas do pré-sal.

Segundo ela, o pré-sal é o “novo paradigma que deixou para o Brasil o desafio do desenvolvimento que ele merece”. “Alguns podem até achar conservadora a previsão de reservas de 50 bilhões de barris, mas nós acreditamos nisso”, disse, lembrando que as atuais reservas são de 14 bilhões de barris e devem chegar no curto prazo a 30 bilhões de barris apenas com as áreas já conhecidas.

A Diretora também destacou o montante que vem sendo investido em pesquisas e desenvolvimento no Brasil. Segundo Magda Chambriard, a ANP projeta investimentos de R$ 9 bilhões em pesquisa e desenvolvimento na próxima década. “Nenhum outro país tem este montante”, disse. Ela evocou o passado da indústria do petróleo no País para destacar que o Brasil já venceu desafios anteriores para chegar a produzir na Bacia de Campos. “Agora temos um desafio muito maior, mas também temos mais experiência e condições para isso”, comentou.

Com as informações – Agência Estado

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta