Navio é multado após descarregar gás tóxico em Santos

2

Um navio de Hong Kong foi multado em R$ 107 mil na quarta-feira (17) por emitir gás tóxico durante a operação no porto de Santos. A partir de denúncias da população sobre o mau cheiro, técnicos da Secretaria de Meio Ambiente do Guarujá constataram a irregularidade na embarcação MJ Promise I, que descarregou 31.623 toneladas de enxofre provenientes da Rússia no Terminal Marítimo de Guarujá.

“Ao final do descarregamento, o enxofre fica molhado e vira uma lama preta e malcheirosa. Essa lama de enxofre tem a concentração de sulfito e sulfeto e, com isso, libera o gás sulfídrico e o dióxido de enxofre, caracterizando o odor de ovo podre”, diz em nota a secretaria.

Resultado da decomposição do enxofre, o gás sulfídrico é altamente irritante e pode ser fatal dependendo da concentração. O dióxido de enxofre é um dos principais causadores da chuva ácida.

O enxofre é uma matéria-prima importada em forma de pó amarelo, utilizada principalmente pelas indústrias de fertilizantes e farmacêutica para a fabricação de ácido sulfúrico.

A Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) também recebeu reclamações de moradores tanto de Santos quanto de Guarujá, mas durante vistoria não constatou o odor fora do terminal –o que caracterizaria irregularidade. Depois de aplicar a multa ao navio, a companhia estuda uma possível penalização do terminal.

Com as informações – Felipe Caruso / Folha

Por Rodrigo Cintra

2 COMENTÁRIOS

  1. Pelo próprio têor da noticia,entende-se que no Porto não existe,vigilancia,nem ninguem com nariz, FOI PRECISO a população reclamar para que os técnicos se mexessem.Ou será que o Pessoal do Porto em geral é conivente com o problema.
    Mais um problema para a população vigiar o Porto.

  2. Ainda nem li o texto, mas enquanto multas educativas de 100 mil reais forem aplicadas a empresas milionárias toda vez que deslizarem no impacto ambiental, em poucos anos, o mar vai virar sertão, parceiro!

Deixe uma resposta